Welcome

Parece que encontrou este site sem a ajuda de um GPS… será um geocacher nato?

Bem-vindo ao Geocaching@PT. Este site tem por objectivo ser o ponto de encontro para os geocachers portugueses e para todos aqueles que nos visitam. Registe-se e participe! Tal como no Geocaching, há por aqui diversos pontos de interesse a explorar, entre os quais destacamos os principais artigos em destaque, o fórum e as GeoStats (uma fonte de informação preciosa com todas as estatísticas sobre o geocaching nacional). Se é um iniciante, não deixe de consultar o guia rápido sobre começar no geocaching.

Acima de tudo, divirta-se e boas caçadas!

lynxpardinus - 2014/07/06

Dobrei a bicicleta. Coloquei-a no carro. Nos últimos dias tinha baixado 90 caches para o telefone. E, na noite anterior, após um pequeno ensaio perto de casa, tinha-me assegurado que tinha os mapas disponíveis mesmo quando não tinha dados. O objectivo era apenas um – este “enferrujado” geocacher queria ir fazer umas caches de bicicleta em Haia.

 fotografia 1

A ideia era simples – a minha cara metade estava fora este fim-de-semana e “então qual vai ser o programa de Domingo de manhã?” Pensei em Haia, que ainda conheço tão mal apesar de ficar a apenas 25 minutos de Roterdão. Pensei que se calhar podia tornar a coisa mais interessante se levasse a minha bicicleta, fazendo uso da sua portabilidade. E pensei que, como sempre, o geocaching seria um bom guia. E, depois de o pensar, decidi passar à prática!

 fotografia 1 (2)

Vamos ser sinceros – eu sou um geocacher que tem feito muito poucas caches. E o “bichinho” estava a morder-me… Foi por isso com um sorriso que desdobrei a bicicleta no centro de Haia, liguei a aplicação de geocaching no telefone e “segui a setinha” (mentira – olhei para o mapa e memorizei o percurso). E aqui surgiu a primeira dificuldade – a aplicação está bem melhor do que anteriormente! Só que eu não sabia, nem tinha olhado para as definições convenientemente – resultado: fiz uma volta aí de uns 2 quilómetros para chegar ao ponto 0 que ficava a uns 500 metros da partida. A sério – quando se olha para o mapa do meu percurso, dá mesmo para ver o círculo que fiz enquanto me procurava orientar. Enfim, uma vergonha.

ler mais »


show comments (4) »     add comment »
timearth - 2014/03/17

Estranha casa do GovernadorExplorámos sempre à espera de encontrar um tesouro libertador, de fazermos uma foto que eternize o momento, de respirarmos o local e saquearmos o máximo de sensações que o local nos possa dar.

ler mais »


no comments     add comment »
rifkind - 2014/01/04

VolfrâmioKlaus, na sua loucura pela descoberta do “ouro negro” tem obrigado os seus trabalhadores a uma escravidão e desumanização! Recentemente enviou , na noite mais fria e mais escura do mês, 3 trabalhadores para a zona onde a densidade florestal era maior, sem o equipamento adequado.

ler mais »


no comments     add comment »
RuiJSDuarte - 2014/01/04

“[…]o tema centrou-se então em Caches, mas Caches com “C” grande e não se afastou muito mais daí! Falou-se da “Excalibur” e de espadas à escala real; da “The Cave” com direito a natação, rappel e navegação em bote do chinês; da “Mystic Rythmics”, de mergulho e caches subaquáticas; da “O Aviador”, de como um Geocacher se arrisca a cair buraco abaixo sob o olhar de um outro e de outras boas caches do Geogangue[…]”

ler mais »


show comments (2) »     add comment »
Pintelho - 2013/11/26

11_717a470430a14544b22125dc43c8a282_DSC_152Somados, os 4 504 300 000 Km que separam Neptuno do Sol e os 5 913 520 000 Km que separam Plutão do Sol perfazem cerca de 25 Km em linha reta. Confusos? Com as voltas da estrada, entre os dois planetas, percorremos cerca de 12 420 000 000 Km.

ler mais »


no comments     add comment »

Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 30 queries in 0.258 seconds. WordPress Loves AJAX