As grutas

MAntunes - 2004/11/14

Há por aí uma cache que tem um verdadeiro "tesouro" escondido em termos de passeio, exploração, aventura…

É a "Castelo" do "Diodo". Fui lá hoje com o Cláudio Cortez, depois de sabermos que a informação para encontrar as grutas já estava correcta. Adorei e recomendo. Têm que ir cache recolher as coordenadas das grutas (é esta a vontade do autor por isso não publico aqui as coordenadas  ). Levem roupa que vos permita sujar um pouco (nada de especial, ó o suficiente para não levarem uma tareia em casa) e levem lanternas e muitas pilhas para ela e para a máquina fotográfica – não vão conseguir parar de tirar fotos…

Aqui fica o relato da minha re-visita ás Grutas "Desaparecidas".

Áh!… se alguém esta com medo do "Buraco da Agulha", descontraia-se; as passagens entre as várias câmaras são espaçosas e as câmaras, algumas delas, são verdadeiros "salões nobres dos Paços do Concelho". Não problema para os mais …"rosbustos". "If you know what i mean…"  

Então, os geólogos (há por aí algum?) vão ter um motivo adicional de interesse ao identificarem que as grutas são formadas pelo espaço entre duas placas (como é que se diz… tectónicas?)

A não perder…

6 responses so far ↓

  • 1 bargao_henriques // Nov 15, 2004 at 00:05

    Referes-te a duas camadas, dois níveis sedimentares…
    Placas tectónicas são uma coisa muito diferente, do tipo: 2 bit em vez de 2 discos rígidos… Não tem nada a ver, nem em escala, nem em natureza.
    No entanto agradeço o interesse 😉
    Já me despertaste suficientemente a curiosidade…

  • 2 clcortez // Nov 15, 2004 at 22:06

    Sim, é isso mesmo, ó PH. São duas camadas sedimentares distintas. A de cima muito mais compacta e resistente e a de baixo soluvel e solta acabou por ser levada pela erosão das águas subterrâneas em tempos. O mais curioso ó PH é que a parede exterior da camada superior é quase vertical, dando a entender que foram as explorações da pedreira que deixaram as grutas a descoberto.Fazia-mos questão ( eu e o MAntunes ) que fosses lá e nos desses uma breve idéia da sua formação e desenvolvimento. Pelo que tenho de conhecimentos da matéria e pelo que vi existem muitas mais cavidades, mas ora estão obstruídas pela queda de blocos de pedra ou estão atoladas de lamas e terras que caíram da superfície( que não está a mais de 10m). Outro facto curioso é a dimensão das grutas ( mais de 1000m2 de certeza ) face à distância à superfície. Estou habituado a ver grutas desta dimensão mas em profundidades muito superiores. É estranho como num alto tão pequeno se formaram grutas de tal dimensão. Bom, mas não me vou alongar mais, penso que o melhor é uma visita. Dá uma olhada nas fotos para ficares ainda mais curioso!!:)

  • 3 clcortez // Nov 15, 2004 at 22:09

    Ah, claro, uma caçada conjunta era bem vinda…ó MAntunes, porque não combinamos com os cromos do costume ( a malta que já foi connosco à Six Feet Under ) e não vamos lá todos? Vamos à cache, e depois eles vão à frente e nós atrás a ver como eles vão dar com aquilo, e já agora a ver se eles fazem o "ataque" da mesma maneira.

  • 4 MAntunes // Nov 16, 2004 at 05:15

    Vamos meter o pessoal nos buracos outra vez? Boa!
    Sigam-me para a sala ao lado, "please".  

  • 5 clcortez // Nov 17, 2004 at 01:02

    Deixo aqui o meu relato visita às Grutas Desaparecidas em :

    http://www.geocaching.com/seek/log.aspx?LUID=a1b1b5d3-9162-48ab-a1dd-c3cf542c94c6

  • 6 DanielOliveira // Nov 23, 2004 at 16:15

    Há grandes probabilidades de eu alinhar nesta aventura visto ser geólogo, mas fico a aguardar por mais detalhes daqueles que o MAntunes já me forneceu.

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.093 seconds.