Centenário

GlorfindelPT - 2005/02/05

Faz hoje 5 meses que me registei no geocaching.com. No dia seguinte encontrei a minha primeira cache (http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=aeb9490b-efb3-4e8f-bf25-9900ee928c86). Curiosamente quando a encontrei, também encontrei um geocacher alemão que estava a desfrutar do local depois de já a ter encontrado. Sem dúvida um começo auspicioso.

Soube do geocaching algum tempo antes através de um artigo numa revista, muito do estilo do que saiu esta semana na Visão, e desde que começei nisto tenho ficado cada vez mais "apanhado". Adoro a sensação de chegar a um local novo que nunca teria conhecido de outra forma, e ficar completamente de boca aberta com a vista ou seja por que motivo for.

E assim se chega a 100 caches. Sim, muitas são locationless e virtuais, mas não deixam de ser 100.

O dia de geocaching começou tarde, aí as 14h. O sol estava a brilhar e nem sequer estava o frio do costume destes dias.

Aqui vou eu para a costa
Aqui vou eu cheio de pica
De lisboa vou fugir
Vou para o sol da caparica

Bem, qualquer coisa assim… A cache 100 estava programada para ser a dos capuchos. Havia várias razões, mas será que é preciso mesmo razões para ser um conquistador de caches?

OK, a 100 já está, foi rápido e temos tempo. Siga para a fonte da telha. Agora percebo o comentário do Magoito vezes 100. Coitado de quem tentou vir do topo da falésia. Como não estava quase ninguém na praia, deu para não dar muito nas vistas, mas sim ver o nosso caminho… para Sul ao longo da costa.

Quer dizer, para o sul, se houvesse estrada. Como não há temos de dar uma volta grande passando pelo Fogueteiro e por Fernão Ferro, mas acabámos por chegar à praia das Bicas. Mais um local que já conhecia, mas que nunca tinha explorado adequadamente. Um trilho pedestre fantástico ao longo das falésias e uma cache que deu algum trabalho a encontrar. Estava muito bem escondida! Felizmente o meu GPS tava num dia sim e apontou bem perto do local. Apeteceu-me ficar lá ou até continuar a pé o trilho até ao cabo espichel… talvez noutra altura. No regresso ainda deu para encontrar uma daquelas imagens peculiares. Uma cara desenhada na falésia, será?

E finalmente um saltinho até à Tale of Pedra da Mua para ver umas pegadas de dinossauros e um por do sol fantástico. Se todos os dias pudessem ser assim…


9 responses so far ↓

  • 1 GlorfindelPT // Feb 5, 2005 at 10:50

    Que estranho… escrevi o artigo e fiz preview. Ainda queria alterar umas coisas, mas ao carregar no botão de "editar" no preview voltava para o menu de edição mas com tudo a branco. Como não queria re-escrever o artigo carreguei no "forward" do browser e publiquei-o mesmo assim.

    O que realmente faltava no artigo era um grande abraço aos geocachers que conheci nestes 5 meses e que, além de terem a paciência de colocar caches e nos dar a possibilidade de conhecer estes locais, têm sido impecáveis em tudo.

  • 2 MAntunes // Feb 5, 2005 at 13:53

    Eu tenho um prazer especial em dar-vos os parabéns (GlorfindelPT e Elektra), porque foi com o artigo baseado na entrevista que dei em Agosto/2004 que vocês conheceram o Geocaching. Depois, começaram com a minha cache mais visitada, o que também é de assinalar. 🙂

    Quanto à rapidez com que chegaram à 100ª é realmente de assinalar: Eu demorei 2 anos e 4 meses para lá chegar. 😉

    Também gostei do vosso hàbito em deixarem ilustrações nas caches que encontram; são produto da imaginação e habilidade pessoal, esses desenhos. 🙂

    Bem, agora vou o ver o filme Elektra na sessão da tarde. 😉

  • 3 2 Cotas // Feb 5, 2005 at 16:22

    100 caches em 5 meses? Pelas minhas contas estão a dedicar-se ao Parapente daqui a 6 meses…
    Já pensaram em ir ao médico? Mas não digam que foi por causa do GPS.

    Ainda bem que o responsavel foi o MAntunes. Antigamente snifavam-se coisas naturais, agora andam todos a despachar nas caches… òh pessoal, tenham lá calma, o seguinte a fazer 100 era eu, mas voces nem deixam um homem pensar direito! Fonix!

    Parabens, moços, mas tenham cuidado quando começarem a fazer mais de 4 caches por mes, esta na hora de reforçar a medicação!

    Oiçam lá! Lisboa esta quase gasta,querem uns conselhos para umas caches porreiras nas "provincia"?

  • 4 Elektra // Feb 5, 2005 at 17:05

    "Bem, agora vou o ver o filme Elektra na sessão da tarde"

    hehehe, MAntunes és um cómico! 😀

  • 5 GlorfindelPT // Feb 5, 2005 at 17:16

    Sim somos doentes, mas ao menos é uma doença saudável. Naturalmente quando as caches em Lisboa começarem a escassear não vamos conseguir manter o ritmo… Mais, no fim deste ano espero começar a trabalhar (fim do curso) e aí pronto… vai ser mais complicado mesmo, por isso é aproveitar enquanto dura.

    Entretanto ainda sobram umas em sintra, muitas na arrábida, e algumas na zona saloia por isso, enquanto a Elektra tiver paciencia, não vou parar tão cedo! 😀

  • 6 portelada // Feb 5, 2005 at 19:32

    Grrrr … já 100 !!!!  Nós atrasamos-nos umpouco e prontos …. tuda a fazer 100 !!!

    parabens …. os proximos somos nós !!!! acho eu!!!

  • 7 bargao_henriques // Feb 5, 2005 at 21:01

    Muitos parabéns pela 100ª! 😀
    Não se preocupem muito com a falta de caches, porque "cheira-me" que elas vão continuar a aparecer a bom ritmo… 😉
    Um agrande abraço!

  • 8 lamas // Feb 7, 2005 at 14:20

    Parabens pela vossa 100ª cache.
    E tambem um grande muito obrigado pelas vossas caches sempre muito engenhosas e que dão sempre uma luta do caraças.
    Ainda não fizemos a tal porque fui atacado pela gripe que me deixou de cama neste fim de semana, mas assim que puder ser não escapa.
    Aqui fica pois um abraço e cumprimentos geocachianos.

    Costa
    "Os Lamas"

  • 9 danieloliveira // Feb 9, 2005 at 15:20

    Parabéns pela 100ª! A esse ritmo deviam apanhar uma multa por excesso de velocidade.

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.187 seconds.