Cá estamos!

lami - 2006/03/07

Boas,

Depois de ler um artigo publicado na revista Sábado, sobre geocaching, fiquei com vontade de conhecer mais. Do dot.com ao pt.net foi um salto.

Espero, nos próximos tempos, encontrar um cache que está escondido nas imediações do aeroporto de Faro, perto da minha casa.

Eu e a minha esposa vamos certamente “desenhar” uns percursos pelo Algarve e, quiçá, por outras paragens…

Aqui ficam os meus cumprimentos. E a aventura começa…

18 responses so far ↓

  • 1 MAntunes // Mar 7, 2006 at 23:31

    Sejam muito bem vindos e esperamos que se divirtam pelo menos tanto como nós. 🙂

    Não acreditem na necessidade de se comprar cerca de 750€ em gadgets como vinha referido no artigo; basta o GPSr e uma boa dose de espírito de aventura. O resto ajuda mas não é essencial.

  • 2 lami // Mar 7, 2006 at 23:38

    Já agora, não tenho (ainda) GPS. Tenho, no entanto, um PDA com "dente-azul". Qual a solução mais eficiente? (qualidade/ preço)

    Conselhos/ sugestões precisam-se!

  • 3 MAntunes // Mar 7, 2006 at 23:57

    …com "dente azul"!

    Talvez o Hollux GPSlim GR-236

    http://www.pocketgps.co.uk/gr236.php

    ou um

    Globalsat BT338

    http://www.pocketgps.co.uk/bt338.php

    Mas as opções são inúmeras.

    http://www.pocketgps.co.uk/item-menu.php?idSubCat=5

    🙂

  • 4 2 Cotas // Mar 8, 2006 at 00:04

    …o mais depressa que puderes.
    Isto vicia. Depressa estás atulhado até ao pescoço de silvas, enlameado em sítios que nunca pensaste existirem, dependente de umas horitas ao fim de semana, apavorado com as batas brancas e principalmente escarafunchas os sítios mais abjectos com as mãozinhas com ar feliz e expectante. 😉

    Não achas melhor pensar mais maduramente? Isto não tem saída! É sempre em frente, cada vez mais fundo.:)

    Há alminhas que fazem 500 Km num sábado de madrugada, andam 30 km debaixo de chuva, dormem ao relento, fazem outros 500 km a tempo de irem trabalhar e ficam com vontade de voltar no fim-de-semana seguinte. Os restantes ficam cheios de inveja. Pensa bem. 😉

    Sê bem-vindo, diverte-te e não acredites em tudo o que te dizem. Para ser geocacher é preciso ser meio maluco.

    Abraços
    PS: Já tomaste a medicação hoje?

  • 5 lami // Mar 8, 2006 at 00:04

    🙂

    Obrigado pelas dicas… agora tenho umas noites de pesquisas pela frente até decidir o GPS…

  • 6 lami // Mar 8, 2006 at 00:30

    Não! Já vou nas injecções intra-venosas de antipsicóticos… como o médico recomendou ar fresco, ar da serra ou do mar, cá estou a navegar. Mas ainda sem GPS (por enquanto só com browser).

    Agora mais a sério, que recomendações existem em termos de GPS. É mais adequado um aparelho móvel (como o Garmin Etrex) ou aproveito o meu velhinho PDA (nem sei se tem velocidade/ capacidade para suportar o software!) e uso aqueles porta-chaves simpáticos por Bluetooth?

    Pretendo, acima de tudo, utilizar o aparelho no Geocaching. Também faço um pouco de TT, mas nada de muito “grave”!

  • 7 MAntunes // Mar 8, 2006 at 07:34

    Se o PDA é velhinho e já está "duvidoso"… vai para um aparelho compacto, autosuficiente e que não derreta a cola nas junções da caixa…

    Tenta um que tenha cartografia. São mais caros mas compensam.

    Quanto a marcas e modelos… boa sorte! 😉

  • 8 clcortez // Mar 8, 2006 at 12:41

    E eu que já estava a ficar com receio que o artigo não tinha surtido efeito! Afinal surtiu e pelos vistos foi lido no Algarve, uma das zonas do país com menos geocachers por metro quadrado.;)

    Bem vindo e boas caçadas!:)

  • 9 Rechena // Mar 8, 2006 at 13:35

    a esta actividade que provoca danos graves no estado mental do pessoal 😉

    um abraço e mais uma vez se bem vindo..

    ps: cuidado com os srs de capa branca…

  • 10 lopesco // Mar 8, 2006 at 13:38

    estas coisas de andarem a publicitar esta actividade, só podia dar nisto… O pessoal pensa que isto até é saudável, e que o pessoal é porreiro, e pumba! Batem aqui com os costados…

    Mas olha, já que cá estás, que sejas bem vindo e que nunca te esqueças!! 1 ao almoço e jantar e 2 ao deitar…

  • 11 lami // Mar 9, 2006 at 01:22

    Já vi que existem umas “sensibilidades” por aqui, relativamente à marca do GPS. Há uns dias que procuro uma solução para este meu problema: que raio de GPS devo comprar!

    Das várias hipóteses que têm surgido, o Garmin “GPSMAP 60CSx” e o “Vista Cx” estão no topo. Os 140€ de diferença justificam-se?

    A opção PDA não está posta de parte, mas o iPAQ lá de casa (H1940), quando a bateria vai à vida, perde a informação carregada (!!!), mas ainda está em cima da mesa hipóteses via Bluetooth.

    Já percebi que o mais importante é perceber as minhas necessidades. Para além do Geocaching e orientação de caminhadas (fundamental), o GPS deve servir como pisa papéis durante a semana e, ao fim-de-semana, não fazia mal se impedisse de me perder (hipoteticamente, claro) em trilhos (TT) e por esses “caminhos de Portugal” e da Europa! Se conversasse comigo e me desse indicações (e dicas sobre culinária, ouvi dizer que existem GPS que fazem boas tostas mistas) era uma vantagem, mas digamos que não é essencial.

    E ainda não entrei nas dúvidas de software!

    Esta tarde passei na FNAC e apenas tinham GPS para PDA… Chiça, que isto deve ser mais difícil que encontrar um cache no Deserto, dentro de um tupperware castanho claro, enterrado em meio metro de areia!

    Bom, já está na hora do Vitinho!

  • 12 olharapo // Mar 9, 2006 at 08:29

    Considerando que:

    1 – Ser geocacher é uma maneira de estar na vida. Raramente é um estado passageiro…;
    2 – O GPS ideal não existe;
    3 – Há quem faça dezenas de caches com gekos, o mais simples e económico GPS do mercado (penso eu);
    4 – As silvas gostam de levar uns acalcões e tem o sangue de geocacher como uma iguara, e as do Algarve roem-se de inveja das do resto do país;

    Apanha o 1º GPS que te aparecer à frente, larga o PC e lança-te ao mato…

    Boa Sorte

  • 13 esmoriz // Mar 9, 2006 at 16:15

    Se bem vindo. Sempre que aparece um artigo numa revista ou televisão sobre geocaching, pumba mais people (foi assim que eu cá vim parar) para o geocaching.
    PUBLIQUEM MAIS ARTIGOS………..
    Quanto ao GPS eu comprei um Garmin Etrex Vista C (+-390€) e estou muito satisfeito com ele.
    Fica bem.
    Boas caches.

  • 14 lami // Mar 9, 2006 at 19:27

    Estou inclinado, depois de 10 horas de Internet e de algumas lojas, a adquirir o Garmin 60 CSx, penso que a diferença de preços não chega para comprar um apartamento no Brasil. Mas surge aqui uma "senão"… é necessário comprar cartografia, ou o 60CSx já vem com o necessário para caçar umas caches?

    Mas se a indecisão for muita, como escreveu o olharapo, compro o primeiro que me aparecer!

    Deixo de ser chato depois de ter a máquina. Mas até lá… Já encomendei um contentor de caixas de plástico, feitas na china por crianças (era um pouco mais em conta), para encher o Algarve de caches. Será um verdadeiro crime ecológico!

  • 15 lopesco // Mar 9, 2006 at 21:16

    Atão é assim. Aquilo trás uma cartografia base muito fraquinha, mas, mesmo sem cartografia, podes fazer geocaching. Agora, versões de cartografia:

    Tens pelo menos 2 que são, a meu ver, as mais significativas; a Metroguide e a City Navigator. A Metroguide, consegues arranjar naquela joga que começa por E e acaba em E e no meio, tem as letras colocadas de forma totalmente aleatória, MUL. Podes instalar à vontade no GPSr, mas tem um senão… Não permite a navegação Turn By Turn. A Navigator, custa 150€ e já permite a navegação atrás citada. Pelos 150€ compras 2 licenças para 2 máquinas, ou seja, se arranjares um amigo geocacher que queira também, fica a coisa por metade.

    Um abraço

    João Lopes aka lopesco

  • 16 lami // Mar 9, 2006 at 21:29

    E vale a pena o investimento? (que é uma forma simpática de dizer dinheiro torrado!)

    As contas que tenho feito são: preço do CSx, menos o do Vista Cx, +/- 150 Aerios… vale a pena a diferença?

    Significa que para o geocaching não necessito adquirir software? Em qualquer destas 2 hipóteses?

    O problema é que percebo tanto de GPS como de neurocirurgia… bom, provavelmente leva menos tempo aprender a fazer uma lobotomia parcial…

    E isso de GPS"r" é o quê? Não é GPS?

  • 17 lopesco // Mar 9, 2006 at 23:15

    Atão é assim (corrijam-me os sábios caso induza esta pobre alma em erro!!):

    GPS é o sistema de satélites americano. Generalizou-se e começou-se a chamar GPS aos receptores de sinal GPS (GPS Receivers). Daí, quando vires GPSr, são os "GPS" que temos… Os Garmin, Magellan, etc…

    Para fazer geocaching, até um GPSr de 140€ chega! Basta uma seta a apontar e vontade de passear.
    Ver, por exemplo:

    http://www.sitefixe.com/specs.php?area=1&level=1&id_prod=1

    Um que permita colocar cartografia, já permite mais coisas. Permite navegar pelas estradas, ou seja, introduzes a morada e ele leva-te lá. Se vale o dinheiro ou não, é muito subjectivo. Para mim, vale, se calhar para ti, não… O Vista, só sei que tem o ecrã mais pequeno, menos waypoints, não permite antenas exteriores…

    Vê aqui

    http://www.garmin.com/outdoor/compare.jsp

    Acho que já tá tudo.. Caso queiras, eis o meu msn( é favr não rir!!! é a minha cruz!! sou mesmo lindo!!!)

    omaisbonito@homtial.com

  • 18 Jose Adonis // Mar 10, 2006 at 13:38

    Bonito??? Convencido!!!

    Eu é que sou o verdadeiro ADÓNIS.
    Mas que raio de concorrência eu havia de arranjar. Cabeleireiro mal precisam, e perfume – nem pensar.

    Humffffpp

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.129 seconds.