Ouohhmmm?… Ouohhmmm!!!!

MAntunes - 2003/11/02

Desta vez quem conta a história sou eu! O "Snoopy".

Pedi emprestado o "perfil" do meu dono e aqui vai:

Hà pra´í quem anda a meter-se comigo, chamando-me canino ou canídeo em tom jocoso e desconsiderativo e eu já não estou a gostar da brincadeira… Sim! porque eu, acompanhando o meu dono, já "fiz" mais caches do que muitos auto-intitulados "racionais de duas patas" , não esquecendo, que muitas dessas caches, são a "terríveis" do Greenshades com caminhadas de vários quilómetros! Por isso, respeitinho senão ainda mordo o "coiso" a alguém…

Então foi assim:

De manhã, muito cedo, o meu dono deu-me o leitinho da manhã e pôs-me no terraço com a dose habitual de ração e água, enquanto ele ia fazer a sessão da ginástica  dele e tomar o duche. Não sei porquê, mas eu já tenho aquele "sexto ou sétimo" sentido e pareceu-me que hoje era um "daqueles dias". Por isso, quase não comi nada e coloquei-me junto da porta da cozinha a reclamar com o meu dono para ele despachar lá a sessão rídícula da ginástica dele e pôrmo-nos mas é com as "patas" ao caminho que eu já estava mas é com a "febre das caches". Sem resultado, porque ele ainda foi dar de comer aos peixes, dar de comer ao Filipe que estava a dormir (quem está a dormir não precisava de comer…), dar o chá à Mila, etc… tudo só para demorar mais! Resultado: Só saímos de casa às 07H10!

Mas lá se confirmou: Hoje era mesmo um "daqueles dias" pelos quais eu anseio durante toda a semana.

Durante a viagem, ainda havia mais alguém que tinha que "comer": O carro! O meu dono deve pensar que é a Santa Casa da Misericórdia… dá de comer a todos…

Bom, a viagem foi como de costume: Eu na casota onde mal me posso mexer e o meu dono a conduzir que nem um doido a fazer "Ss" por todo o lado e eu que me arranje aos trambolhões de um lado para o outro dentro da casota e a casota aos trambolhões entro do carro… Enfim… já estou a ficar habituado e a recompensa vale pelo sacrifício. Quando saio e, sem trela, o meu dono me deixa ir à minha vontade… ena que felicidade! Só é pena não ter  mais narizes para cheirar tudo…

Deixemo-nos de divagações. Quando, ao fim de três horas e algumas paragens para os "chichis" da ordem, chegámos ao local do nosso destino (http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=95f3ff27-103b-48ad-a040-2bb9986bb989) fiquei mesmo impressionado com tanta pureza do ar, das vistas, os sabores, os odores naturais da terra e das plantas e das caganitas dos coelhos… não sei porque é que os "racionais de duas patas" teimam em viver no meio de fumos e alcatrão e barulho e pe#$%idos uns dos outros, etc… então não era muito mais agradável viverem aqui?! Só natureza (bom… quase…), não se ouvem carros (bom… quase – ele deixou o motor do carro a trabalhar, enquanto anda práli a esgravatar no chão… se visse a figura que está a fazer….hihihihi!).  Bem… se eles querem viver lá naquela "selva"… enfim… tenho que viver lá também se quero continuar a comer de graça…

Ainda sobre o local, confesso que me irritei com um barulho particular que ecoa na zona e até me "passei" e comecei a ladrar para aquelas "coisas"… mas o meu dono lá me deu uns gritos e eu tive que me aguentar… Autoritário! Como de costume aproveitei para correr, cheirar, "alçar a perna", investigar a zona, enfim tudo o que um cão inteligente e fixe como eu sabe fazer! Entretanto, o meu dono andava lá naquela "tara" dele de procurar caixa de plástico por tudo quanto é sítio… Sinceramente, já começo a ficar preocupado com a saúde mental dele… mas, se essa maluqueira dele significa sair, então que "banze" de vez! A certa altura, como é costume, começa aos gritos e a esbracejar dizendo, "tá aqui!, tá aqui!" e eu, finjo que também fico contente, abano o rabo, ladro e deito metade da lingua para fora, para ele ficar satisfeito comigo e continuar a pensar que eu ligo ao que ele anda a fazer  😉 Hoje, assim foi e depois de encontrar lá o que ele chama "taparuere", começou feito maluco a enviar mensagens por telemóvel a outro tipo qualquer e a rir-se… Enfim…

Acabado o passeio, com bastante pena minha, embora ao fim começasse a choviscar e a ficar mais frio, lá fui eu para a casota e a casota para dentro do carro e começámos a regressar à "selva". Confesso que já estava um bocado cansado de cheirar caganitas de coelho mas ainda havia tanto local para explorar… Bom, teve que ser… Durante a viagem de regresso, ainda parámos algumas vezes para eu "regar" os relvados e esticar as patas e, no fim, até aceitei de bom grado o regresso a casa onde estavam os "meus cantinhos" habituais e o Filipe mais o primo João para brincarem comigo… Foi mais um "daqueles dias" e só espero que o meu dono não demore muito a ir procurar outra cache  porque disto é que eu gosto. Sair, esticar-me, correr, cheirar, cheirar …

Bom… adeus e vejam lá se controlam os vossos comentários desconsiderativos sobre mim que eu até sou um canino porreiro. A propósito, nao conhecem praí nenhuma canídea boa para ir às caches comigo? É que o meu dono deve pensar que eu sou de pau…

Uma lambidela amiga!  🙂

"Snoopy"

PS: Já repararam que o meu dono anda sempre a tentar arranjar alguém que escreva as histórias por ele? Vá lá, desta vez cravou alguém que escreveu a história em tempo útil…

5 responses so far ↓

  • 1 Lobo Astuto // Nov 3, 2003 at 09:23

    Estória muito boa, até faz concorrência às do Diamantino! 😉
    O mes parabéns para o cão Geocacher mais activo de Portugal! 🙂

  • 2 DSAzevedo // Nov 3, 2003 at 10:40

    As minhas sinceras desculpas ao cão. Senhor cão. Levado por umas descrições menos conseguidas, estava com umas ganas de lambuzar-te de mostarda, daquela manhosa do MacDonald. Mas afinal tenho que reconhecer que fui influenciado negativamente.
    Parabéns Snoopy, fica prometida uma cache especial para ti como compensação.

    …e não deixes o dono abandalhar-te as histórias.

  • 3 Rechena // Nov 3, 2003 at 17:42

    ..senao, que vida de cao 😉 hehe
    boa snoopy mostra-lhe como é que é…

  • 4 bargao_henriques // Nov 6, 2003 at 11:14

    Olá Snoopy, sou a Matias, gata do PH (bargao_henriques).
    Gostei muito da tua história!
    Deixa lá o teu dono continuar a pensar que é ele que te leva a passear… A técnica de "reverse psychology" está a funcionar!
    Estou a pensar aplicar o memso método aos meus donos, mas eles resistem muito… Acho que vou começar pelo meu novo "mano" Tomás. Só tem 6 meses, por isso deve resistir menos…
    Uma lambidela (de gata) para todos,
    Matias

  • 5 PedroOCoyote // Nov 13, 2003 at 17:16

    Boa Snoopy,

    …Mostra ao teu dono como é que se deve escrever uma história.
    És cá dos meus.

    Um abraço de "Duas Patas", Até pareces que és da minha família "Coyote".

    Uma lambidela para ti também.
    PedroOCoyote

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.201 seconds.