Aranhas em Portugal

pcardoso - 2011/06/03

Uma das vertentes do geocaching é a descoberta da natureza. Percorrer longos, e muitas vezes difíceis, caminhos na vertente de uma montanha ou no meio de uma floresta aparentemente impenetrável. Apesar de não ser preciso sequer sair de casa para as encontrar, é no campo que as espécies mais interessantes e algumas das espécies mais comuns de aranhas se encontram.

NKB 0132nx Argiope bruennichiEntre as espécies mais vistosas e conspícuas temos algumas das mais comuns. As Argiope, por exemplo, são conhecidas de qualquer pessoa que passeie em zonas abertas, onde elas constroem teias enormes entre os arbustos. Ou as Cyrthophora citricola, quase omnipresentes em cactos e agaves. Mas entre as mais vistosas temos também espécies ainda não descritas. Por exemplo, uma série de espécies de Eresus apenas conhecidas de Portugal, com padrões coloridos espectaculares. Dada a falta de especialistas, provavelmente levará décadas até que todas estas aranhas tenham nome.

NKC 1761nx Cyrtophora citricolaNKC 1776nx Argiope trifasciataNKA 0132nx Eresus

É fácil encontrar novas espécies não só para o país como para a ciência, espécies que nunca ninguém viu ou, pelo menos, descreveu e deu um nome. E qualquer pessoa o pode fazer. Possivelmente há muitas caches que, em baixo ou numa ranhura do tupperware, têm neste momento espécies nunca descritas. Claro que é preciso reconhecer o que se está a ver, muitas vezes apenas sob a lente de uma lupa de laboratório, mas o potencial está aí, numa serra perto de si. Ou se calhar até perto de casa! Ainda em 2009 foi descrita uma espécie, Tegenaria incognita, descoberta em pleno Parque de Monsanto, Lisboa.NKB 1252nx Macrothele calpeiana

Temos em Portugal, entre as mais de 800 espécies conhecidas no país, a maior e mais pequena aranhas Europeias. A primeira, Macrothele calpeiana, tem até 4 centímetros de corpo (excluindo as patas) e apenas vive no Sul da Península Ibérica. Apesar do tamanho, foi encontrada em Portugal apenas em 2007, por um aracnólogo amador alemão em férias na Serra do Caldeirão, Algarve.
Esta aranha é a única protegida por legislação nacional apesar de ser relativamente comum em zonas perturbadas.

NKA 3473nx Anapistula ataecina

 

A mais pequena aranha Europeia, Anapistula ataecina, tem 0.5mm (sim, meio milímetro) de tamanho e apenas ocorre em algumas grutas perto de Sesimbra. Foi descoberta por mim próprio em colaboração com o Núcleo de Espeleologia da Costa Azul e descrita apenas em 2009. Não sendo protegida, foi classificada como Criticamente em Perigo de Extinção devido à destruição do habitat por pedreiras.

 

“Há aranhas venenosas em Portugal?” é provavelmente a questão mais colocada a quem trabalha com estes animais. Na cultura ocidental as aranhas são vistas como perigosas, venenosas, podendo provocar graves infecções e eventualmente a morte. Como surgiu tal percepção não se sabe, mas é frequente os próprios médicos no nosso país atribuirem diversas infecções e patologias à mordedura de aranha. Na verdade, não existe um único caso comprovado em Portugal. Apenas 2 espécies podem causar algum tipo de condição médica: a viúva-negra Mediterrânica (Latrodectus tredecimguttatus) e a aranha-violino (Loxosceles rufescens).

NKB 2866nx Latrodectus tredecimguttatusNKC 4218nx Loxosceles rufescens

Ambas são relativamente comuns em quase todo o país, sendo a segunda comum inclusivamente em ambiente urbano. É frequente em Portugal atribuírem-se alguns tipos de lesão necrótica à mordedura de aranhas. No entanto, tal como no resto do mundo, as evidências são quase sempre meramente circunstanciais. Até o momento, e que se saiba, nenhum caso de mordedura que tenha evoluído para qualquer tipo de infecção ou patologia foi comprovado em Portugal.

NKC 9537nx Eresus

35 responses so far ↓

  • 1 lynxpardinus // Jun 3, 2011 at 09:11

    Artigo espectacular sobre as nossas pequenas companheiras dos cantos das casas – obrigado!

    E parabéns pela descoberta de novas espécies. Imagino que, para um biólogo (na realidade, para qualquer pessoa, até consigo imaginar o alemão aos pulos na Serra do Caldeirão), descobrir e descrever uma nova espécie seja um momento realmente único e especial!

  • 2 Silvana // Jun 7, 2011 at 12:05

    Boas!

    Tive o prazer e o privilégio de em 2010 visitar umas caches pela Arrábida com o PCardoso e uns amigos e ficamos fascinados com o complexo mundo das aranhas. O mérito é todo do Pedro, é claro!

    Creio que foi nessa altura que ficamos a saber que ainda se fazem descobertas de novas espécies, como a “Anapistula ataecina”, por terras lusas mas infelizmente, não existe nenhum organismo nacional operacional onde registar. Tem de se deslocar ao estrangeiro….

    Uma simples mas excelente introdução ao estranho e complexo mundo dos aracnídeos.

  • 3 João // Aug 29, 2011 at 22:50

    Olá, acabei de ver a maior aranha que já alguma vez vi na vida em portugal. Não sei se já é catalogada ou não mas fiquei impressionado. Tem quase o tamanho de um dedo indicador dos meus hehe e é amarela, preta, castanha e branca quase como a aranha da primeira foto na pagina mas nao parece ser a mesma coisa. Encontra-se na zona de sesimbra e não sei k fazer com ela. Apanhei e meti num frasco se alguem a quizer é na boa. Pode ser k seja uma especie ainda não vista… as patas devem ter cerca de 3 milimetros de diametro. Tem a postura de uma tarantula e é terrestre e as mandibulas têm 1 cm numa boa sao maiores k os dentes da gatinha k está no meu colo e bem mais largas. Mete respeito… talvez a guarde algum tempo ainda n sei ao certo. Contactem-me

  • 4 Pedro Cardoso // Aug 30, 2011 at 11:14

    Olá João,

    Uma aranha desse tamanho e com cores tão garridas deve ser fácil identificar, podes enviar uma foto?

  • 5 Silvia Martins // Sep 1, 2011 at 18:22

    Apanhei uma aranha no meu quarto e gostava se saber que tipo de aranha é. Tenho uma foto no meu blog http://silbas.blogspot.com/2011/09/novo-animal-de-estimacao.html

  • 6 Pedro Cardoso // Sep 1, 2011 at 19:58

    Impossível saber o que é, está demasiado pequena…

    Já agora, a do João ou era isto: http://naturdata.com/Hogna-radiata-12975.htm
    Ou isto:
    http://naturdata.com/Lycosa-fasciiventris-38150.htm

  • 7 Soraia Morais // Oct 16, 2011 at 04:29

    Boas noites. Há uns dias deparei-me com uma aranha linda e grandinha :) vou deixar aqui uns links para a verem melhor. Eu penso que é uma Aranha de cruz, mas não sei de que sub-espécie será. Alguém é capaz de me informar?

    http://imageshack.us/photo/my-images/72/dscf0737g.jpg/

    http://imageshack.us/photo/my-images/59/spider4z.jpg/

    http://imageshack.us/photo/my-images/198/spider5p.jpg/

    obrigada :)

  • 8 Pedro Cardoso // Oct 17, 2011 at 11:42

    Pode ser uma Aranha de cruz, sim. Em aranhas já não se usam sub-espécies, de forma que esse “problema” não se põe :).

  • 9 joni santos // Aug 29, 2012 at 11:12

    boas, eu e um amigo andamos a apanhar aranhas…
    temos várias espécies…
    mas gostavamos de saber mais…
    quem me poder ajudar agradecia

  • 10 Pedro Cardoso // Aug 31, 2012 at 17:45

    A melhor fonte de informação neste momento é o naturdata: http://naturdata.com/
    Temos um fórum para tirar dúvidas: http://naturdata.com/forum/viewforum.php?f=26&sid=4240c2cf29ecc1eae81a27127d635b1d
    Ou facebook: http://www.facebook.com/Naturdata

  • 11 margvan // Apr 13, 2013 at 03:49

    Acabei de ver umas duas ou tres aranhas em minha casa entrei em panico e eu tenho aranofobia tou completamente esterica e nao tenho niguem para me ajudar fechei-me no quarto e nem sei qual e o tipo de aranha sao pretas e medias e tem pernas longas alguem sabe me dizer que tipo de aranha e ?

  • 12 I.J.Lacerda // Jul 19, 2013 at 10:33

    Sou um foto-caçador de aranhas há uns 5 anos e por isso não as mato. Sendo assim tenho umas dúzias no quintal. Ao retirar uma trepadeira, devo ter sido picado por uma: uma viúva negra mediterrânica ou a viúva negra falsa. A picada num tornozelo, foi muito leve, sem deixar dor . Três horas depois começou o efeito, semelhante a ter torcido um pé ou ter levado um pontapé forte no tornozelo. Horas depois não podia andar. A Farmácia aconselhou Fenistil e Fucidine. Desinfectei o local(uma picada tipo alfinete). Ajudou mas pouco. Seguiu-se o Voltaren 50, anti-inflamatório. Ajudou mais mas o inchaço voltava sempre. Seguiu-se as urgências de Portimão, Iboprofen 600, gelo e perna estendida. Mesmo efeito, ia e vinha. Uma médica por fim receitou um antibiótico que fez efeito mas passaram entretanto 7 semanas de dor, inchaço, grandes suores nocturnos como únicos sintomas (acho eu). Agora, 11 semanas depois, não há dores mas mantêm-se um leve inchaço e uma espécie de carocinhos em volta do osso do tornozelo. Por vezes, uma muito leve dor, tipo picadinha. Fica aqui para quem for picado.

  • 13 rifkind // Jul 19, 2013 at 13:14

    Obrigado pela informação, Lacerda. Em Portugal não me passa pela cabeça prevenir as picadas da maioria dos insectos e as aranhas não estavam incluídas no grupo das preocupantes (basicamente carraças, abelhas e vespas). Vou continuar relativamente despreocupado por cá, mas em caso de picada estarei mais atento aos sintomas que descreveste. :)

  • 14 Marta Santos // Jul 29, 2013 at 10:41

    Bom dia.

    Venho cá pedir a vossa ajuda por favor.
    É o seguinte, tenho desde há meses visto mini aranhas dentro de casa, mas são estranhas, diferentes das que muitas vezes encontra-se facilmente.. Eu hoje até apanhei uma e pûs num frasco daqueles do MAC para ver os insectos mas fugiu possivelmente por um buraco de respiração..

    Mas a questão é que desde há 1 semana pelo menos que tenho alergia em todo o corpo, e já pûs fenistil, já tomei fenistil em comprimidos, e estou a tomar Aerius.. Acontece que como estava a tomar uns medicamentos os médicos pensavam que podia ser alergia ao medicamento, então troquei de medicamento..como continuei e até piorei da alergia, sábado fui ao centro de saúde e o médico mandou-me parar de tomar o medicamento, ficando apenas pelo Aerius. Também me deram uma injecção de cortisona.
    Ora melhorei imenso, mas para meu espaço, hoje já tenho novas borbulhas de alergia, o que me disseram na farmácia é que tenho deixado de tomar os medicamentos que estariam a fazer a suposta alergia, e tendo tomado a cortisona que já não deveria de ter nova alergia e devia de ir ao médico.. Tudo isto se torna mais estranho porque ontem à noite encontrei uma aranha grande no terraço da rua .. Aqui está a foto no meu face https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10151734802532822&set=a.10151166502712822.471409.813957821&type=1&theater

    Sabem me dizer que espécie é, e se pode cuasar este tipo de alergia..ela ou as aranhas bebes que tenho dentro de casa..que são muitas parecidas..ou iguais..

    Obrigada

  • 15 Pedro Cardoso // Jul 29, 2013 at 12:09

    Olá,

    Quanto a sintomas, se quiserem ler um pouco: https://www.researchgate.net/publication/42767887_Spider_poisoning_in_Portugal_fact_or_myth (do lado direito link para fazer download)

    A aranha da Marta é uma Lycosidae, mas não causa alergias por contacto. Serão ácaros? Eu próprio tenho cortisona (creme) para as alergias contra ácaros entre outras coisas, sou basicamente alérgico a tudo o que se testa e mais algumas coisas que não…

  • 16 Nuno // Jul 29, 2013 at 16:31

    Uns amigos apanharam algo parecido há dias. Os sintomas resumem-se a comichões e a marcas em zonas dispersas do corpo, que fazem lembrar picadas de mosquito (pequenas, rosadas) mas em que algumas aparecem agrupadas. Até pensei que fosse resultado de alguma alergia.
    Sucede que eles andaram a mexer na arrecadação, portanto pode ser resultado do contacto com ácaros ou algo parecido.
    Ela tomou uma injecção qualquer e no dia seguinte desapareceram os sintomas. Ele não.

  • 17 Marta Santos // Jul 29, 2013 at 17:41

    Obrigada Pedro e Nuno.

    Será algum risco ter este tipo de aranhas dentro de casa? É que encontro todos os dias (quase) uma pequena…e não é sempre a mesma, pois o meu marido costuma levá-las para o campo..

    Pois pode ser ácaros..mas nunca fiz antes alergia..
    Vou pesquisar… Obrigada ;)

  • 18 Marta Santos // Jul 29, 2013 at 17:55

    Queria acrescentar..que o meu colchão é novo..tem menos de 1 ano..e é muito bom..é antiácaros…por isso…não sei,..será…?

  • 19 Pedro Cardoso // Jul 30, 2013 at 09:44

    Não há risco em ter qualquer aranha dentro de casa (em Portugal). Pelo contrário, eliminam pestes que elas sim, são portadoras de factores de risco.
    Quanto aos ácaros, não sei, foi apenas uma hipótese. Mas estes existem em todo o lado, não apenas no colchão e não apenas em sujidade.

  • 20 Rui Duarte // Jul 30, 2013 at 13:11

    Aproveito para dizer que em minha casa também existem dessas aranhas, por vezes vejo uma ou duas, noutras cerca de uma dezena. Regra geral debaixo dos móveis da sala e dos sofás, a mim, não me fazem confusão a minha esposa “passa-se”. Nunca tive qualquer problema que se pudesse de alguma forma relacionar com as ditas a não ser os gritos. :)
    Há pouco, num passeio por Sintra, encontrei numa pequena fonte escondida atrás de uma porta (as normais minas de água, mas em pequeno) algumas das maiores aranhas que já vi daquele género (do género que se vêem em nas minas de água da Serra, pois claro). Aquelas sim, já me colocaram em sentido!

  • 21 Cláudia // Aug 24, 2013 at 22:17

    A semana passada andávamos a fazer umas caches na costa encontrámos duas aranhas muito giras. Pesquisámos e conseguimos identificar uma dela, a aranha abelha, bastante semelhante a uma das vossas fotos. O estranho é segundo as descrições não se encontrar em Portugal. A outra por não ser particularmente vistosa, não conseguimos identifica-la. A foto também não ajuda muito.
    http://fotos.sapo.pt/bcool/fotos/?uid=yno9JFA53u6u8ltmZZNp

    http://fotos.sapo.pt/bcool/fotos/?uid=e2fwyHJtBRzPW0N8zzlE

  • 22 Pedro Cardoso // Aug 28, 2013 at 05:31

    Olá,

    A primeira é uma Argiope bruennichi e a segunda uma Agalenatea redii. Ambas bastante comuns e já conhecidas em Portugal.

  • 23 Susana // Sep 8, 2013 at 22:39

    Boa noite, tenho uma casa de banho que não é utilizada na parte de trás da minha casa, apenas vamos lá encher as taças de água para os animais. Sempre que entro lá dentro vejo a evolução das aranhas que lá moram há bastante tempo só que não consigo tirar fotos pois elas escondem-se. A última vez consegui ver as patas da frente da que mora atrás do espelho e são surpreendentemente grandes, cerca de 4cm de comprimento e da grossura de um palito. Ela faz uma teia bastante compacta e tão grossa que é branca e não transparente. Alguma ideia da especie do bicharoco? Já agora, qual a esperança média de vida de uma aranha?

  • 24 Pedro Cardoso // Sep 16, 2013 at 06:23

    Olá Susana,

    É impossível dizer sem mais pormenores, mas talvez uma Tegenaria? http://naturdata.com/taxa/Animalia/Arthropoda/Arachnida/Araneae/Agelenidae/Tegenaria

    A esperança de vida vai de alguns meses a vários anos, mas em média um ano.

  • 25 Miguel Costa // Dec 31, 2013 at 14:52

    Olá.
    Há alguns dias atrás, fui passear os meus cães ao mato, e encontrei uma teia de aranha enorme, como eu gosto muito de aranhas aproximei-me, e vi uma aranha enorme, era azul claro e tinha uma patas com uns 4 cm e da grussura de um palito. Podem dizer-me o nome dessa aranha se faz favor?
    Obrigado :)

  • 26 Pedro Cardoso // Jan 13, 2014 at 12:46

    Olá,

    Azul não conheço nenhuma em Portugal. Como era a teia? Onde estava a aranha, no meio da teia? Tamanho do corpo? Em árvores?

  • 27 Cristina // Feb 22, 2014 at 12:00

    ola (:

    tenho um trabalho para fazer, mas nao consigo identificar a família de uma aranha que apanhei, quanto mais a espécie
    alguem me pode ajudar?

  • 28 Alexandre // Feb 22, 2014 at 23:57

    Boas malta faz uns dias que andava isto em cima da parede da minha cama. Corpo vermelho com rabo cor de creme e mandibulas enormes. Alguem conhece? Vou tentar colocar video https://www.facebook.com/photo.php?v=771745976187486

  • 29 Alexandre // Feb 23, 2014 at 00:43

    Boas alguem me pode ajudar a descobrir a especie? Andava cá por casa, maior que uma moeda de 2 euros
    https://www.facebook.com/photo.php?v=771745976187486&l=7317858650162434850

  • 30 Pedro Cardoso // Mar 3, 2014 at 13:57

    Olá Cristina,

    Se tiveres uma foto posso tentar.

    Olá Alexandre,

    É uma Dysdera, impossivel dizer a espécie.

  • 31 André Silva // Jul 27, 2014 at 23:02

    Olá eu tinha uma aranha caranguejeira mas ela fugiu quando fui de ferias para o Algarve… Durante a viagem o aquário caiu e ninguém se apercebeu ela entrou num buraco e não tivemos como a recuperar, ela tem o tamanho de um prato raso a contar com as patas
    será possível ela acasalar com um outra aranha de outra espécie e nascer uma nova espécie…

  • 32 Mário Ciríaco // Oct 15, 2014 at 18:01

    Boas a todos.

    Fotografei no meu local de trabalho, na rua, uma aranha tupo “tarântula”, pequena com manha branca a abranger todo o topo do abdómen e um risco negro longitudinal (qual olho). Patas pretas com riscas transversais brancas.
    Alguém me pode ajudar a identificar a espécie.
    No restante o animal é preto/pelo preto.

  • 33 Mário Ciríaco // Oct 15, 2014 at 18:08

    Esqueci-me de referir que trabalho em Sines, num local onde poderão existir espécies “invasoras” ou de outros países.
    Vou tentar, entretanto, colocar a foto.
    Obrigado

  • 34 Mário Ciríaco // Oct 16, 2014 at 08:10

    Aqui está a imagem:

    http://i.imgur.com/65IykFG.jpg

  • 35 manuela pacheco // Oct 22, 2014 at 10:34

    Moro há um ano numa vivenda em Oeiras. Nesta altura do ano começam a aparecer umas aranhas de tamanho respeitável dentro de casa (4-6cm com patas). Muitas vezes aparecem moribundas…
    Não gosto de matar estes bichos, mas eles insistem em ir para o quarto onde tenho 2 bebés. Como são rápidas, prefiro dar-lhes uma vassourada antes que se escondam. Alguém sabe o que são ou de onde vem? Podem morder (já sei que não são venenosas)? Parecem-me preferir zonas secas e imagino que venham das caixas dos estores ou do sótão da casa. São do género das agelenidae ou das zoropsidae. Posso livrar-me delas?

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 22 queries in 0.161 seconds.