WAAS/EGNOS e os Garmin

vsergio - 2009/03/13

A questão da correcção do sinal de satélite via WAAS/EGNOS já tinha sido abordada várias vezes por aqui e por ali, neste forum.

Mas agora que fui trocar o Garmin Venture Cx à Garmin Portugal por um novo, devido às borrachas estarem completamente soltas (parece que é normal nestes meninos), e depois de ser atendido de um modo que deixa muito a desejar (mas isso é outra conversa), lá configurei o GPS do modo que me pareceu melhor e lembrando-me minimamente das configurações que tinha no “velho” (tinha 1 ano, o rapaz).

Acontece que tanto o meu GPS como o do Mtrevas, que também fez tudo o que já descrevi acima, começaram a ter um comportamento estranho. Mandavam para Oeste 15m quando todos os outros geocachers íam para Norte com indicações de 10 metros e quem encontrava as caches eram eles. Fizemos vários testes e parecia confirmar-se a desorientação dos bichos. O Ftomar, que já havia feito exactamente a mesma troca, confirmou a maluquice do GPS e diz ter resolvido a questão com o downgrade do firmware de v3.00 para a v2.60.

Não nos pareceu que que o downgrade fosse uma solução adequada, e programámos para hoje uma cachada com outros Garminenses pelos belos jardins do Palácio das Necessidades. Ora, a comparação com os outros aparelhos não nos mostrou grandes diferenças, nem as buscas das três caches da zona correram mal, antes pelo contrário.

Mas claro que antes configurei o GPS de acordo com o que tinha acabado de pesquisar, e que diz assim (depois de traduzido):

WAAS, EGNOS e GPS Garmin
Tendo começando a 1 de Abril de 2003, o sinal EGNOS é transmitido em formato de dados compatível WAAS (SBAS modo 0 / 2). Desde essa altura os receptores de Garmin são capazes de usar esses dados. Mas (e é aqui que está o buzilis da questão) devemos repetir que os receptores da Garmin só são capazes de fazer as correcções WAAS/EGNOS se estiverem configurados para o modo normal. Não basta alterar as definições para manter o WAAS activo, é imprescindível que o modo de gestão de bateria do aparelho Garmin esteja configurado para NORMAL. Estar em “energy saver” (poupança de energia) não permite que o modo WAAS / EGNOS fique activo, apesar de mostrar no écran de configuração que sim. Infelizmente, o modo normal usa significativamente mais bateria e, assim, reduz drasticamente a vida útil da bateria (que nos modelos Venture Cx ainda assim é de cerca de 48 horas de uso normal – já testado no terreno). No écran dos satélites nos modelos da Garmins extrex a correcção aplicada pelo sistema EGNOS é indicada pela aquisição do satélite nº 33 e/ou 37. A letra “D” na barra de sinal indica que os dados desse satélite estão a ser corrigidos pelo sinal EGNOS.

Caso estejam disponíveis os satélites indicados abaixo a precisão pode exceder aos 2 metros (RMS), onde o posicionamento pode ser considerado bastante bom.
Geostationary NMEA Satellite ID
AOR-E 33
Artemis 37
IOR-W 39
IOR-E 44

Devido ao posicionamento dos referidos satélites, nós em Portugal só iremos conseguir apanhar o 33 e o 37, salvo erro. E mesmo assim, como eles estão posicionado mais sobre o hemisfério Sul (voam baixinho no horizonte a sul, portanto), basta termos uma barreira a sul do gps (um edifício, um monte) que o acerto é cortado pois o EGNOS deixa de actuar.

Pronto, foi preciso a coisa ficar a funcionar mal para que tentássemos perceber como é que o nosso aparelho deve estar configurado para funcionar devidamente. E escusado será dizer que esta informação Não está disponível nos manuais do equipamento.

6 responses so far ↓

  • 1 MightyReek // Mar 14, 2009 at 00:01

    Eu tenho o “D” muitas vezes activo… Boa malha!

  • 2 danieloliveira // Mar 14, 2009 at 22:53

    Obrigado pelo alerta Sérgio.

  • 3 vsergio // Mar 15, 2009 at 05:05

    ATENÇÃO, este facto da configuração do EGNOS nos Garmin é independente do problema a que me levou a investigá-lo.

    Ou seja, o confirmo que o GPS Garmin Etrex Venture Cx tem erros de precisão na ordem dos 12metros com a versão de firmware 3.00 (a mais recente a esta data).

    Assim, confirmo outra coisa, que o Fernando (Ftomar) e o Manelov já havia dito, é Essencial o Downgrade de firmware para a versão 2.60, disponível aqui:
    http://www.tramsoft.ch/gps/garmin_etrex-venture-cx-firmware-upgrades_en.html#V0260

  • 4 geopate // Mar 31, 2009 at 08:41

    Em relação às borrachas, tenho um EtrexH há pouco mais de 1 ano e estas começaram a descolar-se, a deslizar, com a cola a ficar tipo “mole”. 🙁

  • 5 vsergio // Apr 2, 2009 at 02:37

    (olha… mas a culpa é tua, já sabes!)

    A Garmin troca-te o GPS!

    Tem atenção é Às configurações que tens actualmente para as acertares no que receberes.

    Boa sorte.

  • 6 NaNdiNi // May 11, 2009 at 02:32

    Excelente artigo. Já passei pelas situações aqui descritas… troca do venture cx porcausa das borrachas, falta de precisão, etc.
    Andei a adiar o downgrade porque achava parvo ter de andar de cavalo para burro, mas, como a Garmin não lança nada a corrigir(?!?!? será que ainda não sabem???) lá voltei hoje ao 2.6! Obrigado pelo artigo.

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.242 seconds.