Os geocachers dissolvem-se em água?…

- 2004/03/28

Ora bem, o gajo que disse que "os geocacher não se dissolvem em água" até teve alguma razão para o dizer mas, apesar de não se dissolverem, ficam bastante molhados por fora e cheios de lama…

Nesta última 6ª feira fiz uma questão ao MAntunes que veio a alterar os planos que tinha para Sábado. Fiz-lhe a fatídica pergunta "tens planos para amanhã?"…

Quando me disse que ia reactivar  "O Lugar dos Mortos" e fazer manutenção à "Entre a Cidade e a Floresta", a pedido do Pedro Regalla, pedi-lhe logo se o podia "melgar"! E, como em outras situações, claro que a resposta foi afirmativa!

Para começar o dia fomos até à Granja dos Serrões para ver como tinha ficado o local, depois do 1º CITO em Portugal e de lá terem ido buscar o lixo que recolhemos. Foi com agrado que verificámos que o espaço tinha ficado consideravelmente mais limpo por terem levado o lixo que juntámos em sacos, mas também algum outro que não tinhamos conseguido juntar. Apenas ficaram para depois alguns montes de entulho.

Da Granja fomos até Sintra, à HPEM, para devolver as luvas e os sacos que sobraram do evento. Aproveitámos para conversar com o responsável da empresa de limpeza do concelho para o relembrar que ainda falta retirar o entulho, ao que ele afirmou que não ficou esquecido.

Dirigímo-nos então à serra, a caminho d´O Lugar dos Mortos. Pelo caminho aproveitei ainda para "apanhar" duas Locationless: a Ancient Aqueducts (Aqueduto da Quinta do ramalhão, Séc. XIV)
, do meu motorista, e a Rock Formations (Pedra do Urso).

Chegádos ao alto do Monge, o Manel foi tratar de reactivar a cache d´O Lugar dos Mortos, enquanto eu me dedicava a um Trash Out na zona do parque de estacionamento. Nesta altura começou a cair uma chuva cada vez mais forte, que se manteve até ao final do dia. Quando ele me chamou para procurar a microcache, ficou ele a fazer o Trash Out da zona do Tholos. Demorei um pouco a dar com a nova locatização da cache, principalmente porque o gajo me andou a perturbar e a tentar convencer a usar o GPSr dele, o que até acabou por acontecer. Enfim… Lá consegui encontrar a "coisa", muito bem escondidinha! Log, prenda, etc, e lá fomos nós embora para a próxima cache, com um enorme saco de Lixo na bagageira!

Opsss… Por falar nisso… MAntunes, lembraste-te de tirar o lixo do carro?!… Olha lá que se calhar há alguma lei que proiba o tráfico de lixo de um concelho para o outro… Eheheheh

Quando chegámos a Monsanto para procurar a "Entre a Cidade e a Floresta" continuava a chover bem, pelo que acabámos por recorrer aos chapéus de chuva. Custa-em a admitir, mas o meu eTrex ficou um bocado "aos papeis" debaixo daquela folhagem tão intensa, ainda por cima num dia tão nublado. Com uma pequena ajuda do já conhecido Meridien, e lá encontrei a àrvore certa. Mais uns minutos a olhar para os ramos e lá consegui encontrar a cache. O meu companheiro de caçada queria ser ele a ir buscá-la, porque tinha medo que a àrvore não aguentasse o meu peso (grrrr…..) mas, obviamente, eu não me deixei humilhar dessa forma! Cache Out, log In, prenda IN, já está! Agora foi só escolher uma nova localização para a dita cache, mantendo as antigas coordenadas.

Daqui, já bastante molhados e um bocado sujos, fomos até à última cache do dia: The Aqueduct. Quando lá chegámos deparei-me com uma pequena surpresa que lá tinha sido deixada no dia anterior, pelo meu acompanhante. Eheheheh… Boa! Desta vez, sem o Tomás às costas, a coisa foi bem mais fácil, apesar de ter ficado ainda mais molhado e sujo de lama. Log In, sem prendinhas porque não havia mais espaço, e já estava a última cache do dia!

Obrigado por me aturares MAntunes!

11 responses so far ↓

  • 1 MAntunes // Mar 28, 2004 at 21:05

    …eu andei na "manutenção" e tu na "facturação"!
    Boa PH. Obrigado pela companhia.
    No próximo Sábado penso ir fazer a manutenção a outras duas caches do Pedro: "A Praia e o Rio" e "A Pequena Gruta". Prepara a "caixa registadora"… e para te sujares um poucochinho mais.

    PS: "Gajo", "motorista"… andas a receber más influências do "Snoopy"…

  • 2 mca // Mar 29, 2004 at 00:18

    Se fores de manhã….. quem sabe não te acompanho!

  • 3 DSAzevedo // Mar 29, 2004 at 12:33

    O geocaching é uma actividade solitária. Familiar. De lazer!
    Assim não há cache que resista.

    Já não basta andar um tipo á frente a colocar as caches e a maralha logo atras a escarafunchar tudo, como ainda por cima vão aos magotes.

    Vejam lá, um dia destes por causa da chuva ainda vá lá o dono por a cache e leva logo o livrinho já com 3 dúzias de logs feitos…

    Devia haver uma regra de só se poder fazer logs com 3 dias de intervalo…

  • 4 DSAzevedo // Mar 29, 2004 at 12:34

    …e só para não estarem com coisas, no sábado vou a Alcoutim á lampreia…

  • 5 MAntunes // Mar 29, 2004 at 13:36

    Luís: Se fôr sózinho, vou de tarde. Se houver quem queira acompanhar-me, posso ir de manhã. Preciso saber até final de sexta-feira.

    Diamantino: Já pensaste em colocar uma lampreia dentro de uma cache?… Seria uma evolução em relação às caracoletas…

    Logs com três dias de intervalo?! Então por isso é que deixaste de registar os teus "not found"…

  • 6 bargao_henriques // Mar 29, 2004 at 20:35

    Ouve lá, ó Diamantino!

    Não arranjas mais nada para fazer senão chagar a malta?!

    Onde é que já se ouviu falar de uma regra para se poder fazer logs com 3 dias de intervalo???

    Já viste no estado em que fica uma lampreia com 3 dias, já???

    Aiaiaicugajotáficarpior… 😉

  • 7 MAntunes // Mar 30, 2004 at 06:58

    O PH, o MCA e eu já combinámos tudo:

    Sábado, 09H30, Ponte do Rio Kway. Perdão… Lizandro.

    Hà espaço para mais, n"A Pequena Gruta".

  • 8 DSAzevedo // Mar 30, 2004 at 11:02

    éh… e jágora em vez de fazeres logs, tiras fotocópias. Um faz o log e os outros fotocopiam… ou melhor ainda: põem o dedinho. Assim do tipo "não sabe assinar"

    E quéque têm as lampreias com três dias?
    Lampreia que é lampreia, é lampreia até morrer!

    Alem disso, deviam ser banidas as caches com menos de 20 cm2.

    bye…

    PS: Os votos não vão todos para o lixo?
    Ou há algum armazem eterno onde se guarda toda essa papelada á disposição das traças?

  • 9 bargao_henriques // Mar 30, 2004 at 17:57

    E o gajo a dar-lhe… (dar-ME, neste caso… ;-))

    Não só gosto de fazer "caçadas à molhada", como as recomendo a qualquer pessoa!

    Tu próprio te divertiste bastante a ver-me encontrar a tua última cache, certo? 😉

    E para não estares com mais coisas, no próximo sábado vou participar em mais uma caçada em grupo, só por causa das coisas…

  • 10 DSAzevedo // Mar 31, 2004 at 11:28

    Ainda hei-de te arranjar uma cache que quantos mais forem menos encontram…
    Vais a ver…

  • 11 bargao_henriques // Mar 31, 2004 at 11:38

    Boa, boa!!!

    Desde que eu consiga encontrar, deve ser divertido!

    😉

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 34 queries in 0.244 seconds.