GeoBTT em Sintra ou os colapsos…

MAntunes - 2004/05/22

Algures na IC19 envio SMS ao Portelada a dizer "Estou a caminho!". Após alguma logística difícil para conciliar compromissos familiares lá fui experimentar uma caçada conjunta em BTT porque o início do percurso proposto para hoje parecia estar ao meu alcance.

Chegado ao local, lá estava o Miguel com um "carregamento" de pneus de terra para quem precisasse.

Pouco depois, apareceu o Portelada, o Nuno e, como o Rui tardava em aparecer, o David resolveu "simular" um furo para nos entreter enquanto o outro não aparecia… Simular não, era mesmo um furo… começava bem a caçada,

Entretanto, eu apreciava o "GPSr" do Nuno. Boa "malha", sim senhor,

Pouco depois lá apareceu o Rui e após resolvido o furo, iniciámos o passeio em direcção à "Campo Verde". Como eu sou um praticante esporádico de BTTr (r=rectas, de preferência a descer mas não muito), as minhas dificuldades começaram a aparecer: a corrente a saltar das rodas, eu a saltar da bicileta… nada de grave… estávamos em ritmo de passeio e o Rui entretinha-se a subir e descer montes enquanto o portelada "simulava" mais uns furos só para esperar por mim,

Muito simpático este moço. Escusava era de exagerar…

…exagerar…

Deve ter "tido" alguns 35 furos enquanto eu saltei da bicla umas 4 ou 5 vezes e a corrente saltou outras tantas…

Mas, o meu momento de "glória" foi quando ele perdeu o pipo da roda e como não o encontravam e já estavam a desistir, eu disse-lhes que aquilo era como procurar uma "micro"… só que mais micro ainda. Olhei para o chão e lá estava o pipo!

Bom, mas em ritmo "veloz e escorreito" lá chegámos ao local e após recuperar o fôlego, o pessoal começou a procurar a cache que é mais micro que uma regular mas não é micro, antes regular.

Aqui, o Nuno deu "show" porque conseguiu encontrar a sua primeira cache sem recurso ao GPSr.

Enquanto eu explicava ao Miguel como é que se procura uma micro,

(anda-se assim e círculos e em círculos e em círculos…)

Feitos os logs e "recauchutada" a cache com mais algum conteúdo do que os porta-chaves do Diamantino (com tanto furo, o Portelada não consegue poupar uns trocos para abastecer as caches) começámos a preparar o ataque à "O Lugar dos Mortos".

Segui-mos em direcção à estrada N91 e, pelo caminho, enquanto eu me esforçava por não desmaiar em cima da bicla ia ouvindo "provocações" tais como; "Olha ali aquele vale tão bonito, não queres tirar umas fotos?" (E a embalagem?!! Vou perder a embalagem?…) ou então "A gaja já tem cão?" (não devem estar a falar do Snoopy…) ou ainda "Játás com a visão afunilada!" (ai o caraças…). Até que chegámos à estrada asfaltada, após um vertiginosa descida por onde o Diamantino subiu agarrado a uma bem parecida companheira de caminhadas e onde o Rui queria matar-me fazendo pressão atrás de mim para eu rolar mais depressa por ali abaixo…

Já na EN e receando que os furos do Portelada continuassem, decidi "sacrificar-me". Assim, voltei para onde estavam as viaturas, preparei o "Carro de Apoio" e fui ter com eles ao Alto do Monge.

(era preciso garantir que havia uma bicla em boas condições de utilização, mesmo que fosse um "bicla de supermercado"…)

Agora, outro que conte o que se passou na subida até ao Alto do Monge porque eu ia aborrecido e contrariado, ao volante do meu carro, com o ar condicionado ligado, a Britney Spears a cantar… o que eu não faço para dar uma ajudinha aos amigos…

Aqui ficam as fotos:

(Nuno e Rui com opiniões divergentes quanto à localização da cache)

(Portelada: Nem eles encontram a cache nem nós almoçamos…)

Até que, finalmente, chegou a hora da FOTO FINAL.

1 response so far ↓

  • 1 nunor // May 24, 2004 at 11:30

    O caminho até ao Alto do Monge não teve muita história a não ser, subir, subir e subir….. Passamos por muitos jipes que estavam a fazer uma espécie de Outdoor Challenge na Serra de Sintra e que deixavam um manto de pó que ainda dificultava mais a subida. Quando chegamos ao cimo lá estava o Manuel Antunes a fazer um trash out. Realmente as pessoas conseguem ser muito porcas…..
    Esta cache sem GPS não dá para fazer (obrigado Antunes pelo empréstimo) e mesmo assim só com as dicas do Antunes e do Portelada que já estavam fartos de nos verem a andar de um lado para o outro!!!!

     

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.226 seconds.