"Apanhados da Bola"

MAntunes - 2004/07/05

Pois é… apesar de não estar com muita vontade para escrever este artigo, a vida continua e…

Tudo começou hà alguns dias quando Portugal se classificou para a Final do Euro2004: De repente lembrei-me de criar um TB contituído pelo "Kinas" e que teria como objectivo ir visitar todos os 10 estádios do Europeu. A mim quando me dá uma destas ideias, dá-me forte e rápido. Ooopsss! Não tenho chapas de TB! Andei a vender tudo o que tinha e fiquei sem uma para mim. Bem, telefono ao "PH" e pergunto-lhe se não se importa de me vender "de volta" uma das chapas dele, se não tivesse planos imediatos. Tinha, mas ainda ssim sobrava-lhe uma. Falei-lhe da minha ideia e ele disse que tinha uma parecida mas o TB dele era para visitar qualquer estádio de futebol e para ir pelo Mundo a fora. Ok, "no problem" hà "espaço" para os dois. Depois sugeri-lhe o local e dia do "nascimento": Dia da Final e perto do Estadio Nacional que é onde foi organizado o Logotipo Humano hà uns dois anos e foi quando começou esta motivação colectiva que vivemos mais intensamente nos ultimos tempos. Agradou-lhe a ideia e vai de combinar que acertávamos os últimos pormenores enquanto comíamos umas suecas (refeições suecas num restaurante do  IKEA).

Hoje, chegado o momento lá estava ele à minha porta para embarcar-mos em direcção à Alto da Boa Viagem para a aventura de "dar à luz" dois "apanhados da bola" (os TBs FOOTBALL FAN e Kinas).

Acompanharam-nos o Filipe, o João e o
Tomás (O Snoopy não foi porque havia a percepção de que seria proibido levar cães para os trilhos que iríamos percorrer – afinal não se viu qualquer proibição (ficamos a dever "uma" ao pobre do Snoopy).

Chegados ao Estádio Nacional, estacionado o carro, fomos tentar invadir o relvado para tirar umas fotos aos TBs "a comer a relva"… nada feito, existe uma vedação nova que nos impediu – tirámos as fotos possíveis e rumámos em direcção ao local da cache, subindo uma encosta que nos levou ao alto do topo norte. Mais umas fotos e seguimos até à cache, passando pelo Farol e pelos "marco geodésico" conhecido como "o garrafão", até que chegámos à "chapela". Estava lá um velhote a ler as notícias, sentado no muro e comecei a recear que estivesse "sentado em cima da cache"… Mas não. Mais umas fotos, a sessão de leitura do "PH"  (história do local) com os putos a ouvirem com atenção e organizámos a abordagem À cache: Primeiro ia o "PH" mais o João e depois ia eu mais o Filipe. Assim foi. E foi rápido. Pouco depois estavam de regresso. Não tinham aberto a cache (apenas a localizaram) e lá fomos todos, comigo e o Filipe à frente em direcção à cache. Algumas indecisões no local onde o  GPSr "dizia" que era altura de me meter no meio das silvas mas, como o Filipe ia como o GPSr na mão, olhei em volta e descobri a cache mas não disse nada e pisquei o olho ao "PH" e ele percebeu que aquela "já estava". Entretanto, incitava o Filipe a procurar explicando-lhe a relação entre a distância para o ponto e o EPE. Ao fim de alguma irritação com o GPSR – "A agulha não se decide a apontar só para um sítio!" – o Filipe larga o aparelhómetro e começa a olhar em redor e…lá está!

Depois começou a barafunda do costume: Fotos, registos no logbook, troca de prendas… Só se via era mercadoria a ser transaccionada. TBs para dentro e para fora. Brinquedos indecisos em ficarem na cache ou nas mãos do Tomás. Até um Game Boy vi por ali! Parecia mais uma corrida a uma Mega Store em dia de abertura oficial.

No final, arrumámos a cache no local – "Ficou melhor do que estava!" – disse o "PH" (se eu fosse ao Portelada ia lá verificar o que é que isto quer dizer…) e rumámos de volta ao local onde estava o carro, tirando mais umas fotos pelo caminho que, desta vez, foi diferente de modo a podermos apreciar o local. Foi nesta altura que vimos famílias a passearem com os seus cães – desculpa Snoopy…

Sobre o local, devo dizer que gostámos bastante do passeio e ficou alinhavada a ideia de ali regressar com as bicicletas e o Snoopy para esticarmos as pernas.

Obrigado pela cache, Portelada.

E prontos… acabou o Euro2004. Podia ter acabado melhor mas penso que foi um grande evento em termos organizativos (Porra! Aquele Espanhol que entrou em campo com a bandeira do "Barça", envergonhou a organização no que respeita à segurança…) e, em termos desportivos, chegámos onde nunca tinhamos chegado: À Final! Faltou-nos "um bocadinho assim…"

4 responses so far ↓

  • 1 mca // Jul 5, 2004 at 01:49

    Os meus parabéns à Selecção e a Portugal, chegámos onde nunca tinhamos chegado, organizámos um evento com visibilidade mundial, fomos elogiados pela capacidade organizativa, mobilizámos um país inteiro (e muitos portugueses e ´amigos´ à volta do mundo) e reacendemos o patriotismo que há muito nos faltava…. não ganhámos a taça mas ´perder ou ganhar é desporto´, ganhámos muito com este Euro 2004!

    Boa ideia pelos TB´s dedicados à bola!

  • 2 portelada // Jul 5, 2004 at 02:31

    "Ficou melhor do que estava!" ???
    o que querem dizer com isso ???? espero que não a tenham enterrado !!!! ou pior !!!
    com isto tudo …. com este fim de semana "louco" , fiquei sem TB para levar !!!!  pena !!!…

  • 3 DSAzevedo // Jul 5, 2004 at 16:56

    Melhor ducóquestava, vindo do Manel, só pode indicar silvas e dificuldades avulsas.
    Não me admirava nada que os locais começassem a ficar com sinais de satélites assim tipo "seja o que Deus quiser"…

  • 4 bargao_henriques // Jul 10, 2004 at 22:03

    Quem disse que ficou melhor do que estava fui eu!

    Se queres ter uma ideia daquilo a que me refiro, não te podes esquecer que sou geólogo… E que trabalho em pedreiras onde abundam blocos com muitas toneladas… Aconselho-te a levares uma grua quando fores fazer a manutenção, depois dos próximos "not found"
    😉 Eheheheh

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.241 seconds.