Encontro de Geocachers – 14 de Outubro de 2004

ppinheiro - 2004/10/15

Numa tardia segunda 5ª feira do mês de Outubro, lá fomos outra vez para a Mexicana para baralhar o esquema todo aos senhores.

Quando cheguei eu, a Gabriela, e o MCA, já lá estavam o MAntunes e o Diamantino, os nobres anciãos deste nosso desporto .

Os outros participantes foram chegando: O Lobo Astuto, o Cláudio Cortez que trouxe a Ana para conhecer os colegas de manicómio, o Ricardo B. Silva que veio só dizer olá, e um pouco mais tarde o Nuno Pedrosa e a Rita.

Além das habituais conversas sobre coisas que não têm nada a ver com Geocaching, hardware, cartas militares, fotografias de satélite calibradas, o MAntunes torna tudo mais relevante, e tira uma bisnaga de Halibut da mala (aqui entre nós eu acho que ele é dealer de Halibut).  Pediu-se comida, e alguém sugeriu "Epá, se calhar esse Halibut fica bem com a bifana!" – lá foi tudo por água abaixo: Halibut em toda a comida (O Diamantino não gostou muito do puré de abóbora russo com Halibut, mas ele é esquisito, como sabem);  Halibut nas bebidas (Coca-cola light com Halibut, nunca mais bebo outra coisa!);  Snifámos Halibut.  Passado um bocadinho, e depois de andarmos à porrada com os monstros gigantes que traziam uns GPSs muito estranhos, que nos tiraram o Halibut (será que terá algumas propriedades halucinogénicas? Nahh…), chegámos ao grande assunto da noite, quer dizer, da noite de 6ª feira – a despedida de solteiro do MCA.

Antes de começarem a pensar em strippers, bebedeiras, e afins… É MUITO PIOR!!  E a culpa é minha, toda minha… Eu na minha inocência (devia estar a snifar Halibut na altura, de certeza) sugeri ao MCA que era giro ele fazer a última cache de solteiro.  É claro, como ele snifa Halibut regularmente, olhou para mim com aquele olhar doido, e disse "Olha lá, vou é fazer uma noite inteira de Geocaching!" – e pronto, como eu ainda estava sobre os efeitos do Halibut disse "Óptima idéia!" – e como aparentemente a toxicodependência de Halibut é uma coisa comum no meio, depois do MCA ter enviado um e-mail para os outros malucos, uma data de gente aceitou, inclusivé com comentários e sugestões para tornar a coisa ainda pior!!

Mas as coisas estranhas não se resumem por aqui, era bom!!  Coisas tão estranhas (até fico com os pelos das costas eriçados só de pensar na infinitésimal possibilidade de algumas destas coisas acontecerem…):

A Gabriela e o Nuno Pedrosa descobriram que trabalham no mesmo grupo de empresas, e no MESMO prédio!!! Alguém que perceba de cálculo de probabilidades que faça as contas para assustar ainda mais as pessoas….

O Diamantino, recebeu uma mensagem do Clube Nokia…. até aqui nada estranho, excepto que ele tem um SONY ERICSSON!!!!! Quando eu vi aquilo… não imaginam o que eu senti.

Os empregados da Mexicana usam GPSs para tomar os pedido, uns modelos vintage de 1983, ex-militares (pelo aspecto, cópias soviéticas…).  O que é estranho é que são iguaizinhos aos GPSs que tinham os monstros gigantes que nos levaram o Halibut!!!

Mas a sério meninos, a loucura é sã, não deixem de vir aos próximos.  Estamos a discutir de mudar de local, onde estejamos a salvo dos monstros gigantes, e onde nos revistem à porta para ter a certeza que ninguém entra com Halibut.

Um abraço a todos,

ppinheiro

6 responses so far ↓

  • 1 MAntunes // Oct 15, 2004 at 09:58

    …no meio das fotos Halibutianas, ainda recebi um telefonema de assédio de uma operadora de internet por cabo… depois de termos estado cerca de 30 minutos a contar uns aos outros as histórias/frustações que alguns já tiveram com determinada empresa e depois de já lhes ter dito várias vezes… "Não!". A Gabriela desmanchou-se toda a rir… Haja Deus!

    PS: Pedro, não partilhas aquela foto do Lobo Astuto e o Halibut?  

  • 2 ppinheiro // Oct 15, 2004 at 12:01

    Já estão online as provas do crime!!
    Procurem em "Gallery" – "Meetup 14 Out 2004".

  • 3 2 Cotas // Oct 15, 2004 at 15:12

    …esqueceste-te de dizer que snifam halibut directamente da bisnaga!
    Mas olha, correu muito bem, isto é, se esquecer-mos a cena dos bolos do ano passado, os ãburgs com cara de caso, as baralhações dos palms e os pais do Luís que tiveram que o ir lá buscar depois da Vanessa ter entrado em pânico…
    Deve ser por isso que hoje na secção de usados do CM vinha um anuncio a dizer que se vendia um jipe meio afanado juntamente com um gps marado por bom preço, ou então que se trocava noivo lunático por outro mesmo incompleto desde que não soubesse o que eram satélites e não tivesse fetiches por aparelhos a pilhas! Coitada da moça. Sabe-se lá o que acontecerá até ao casamento…;

  • 4 Lobo Astuto // Oct 15, 2004 at 16:58

    Não te esqueças das coordenadas das alianças!!!!!

  • 5 portelada // Oct 16, 2004 at 18:40

    …. das alinças … não te esqueças das coordenadas de casa para saberes a quantos km’s estás de distancia quando tiveres no Mexico !!!

  • 6 2 Cotas // Oct 18, 2004 at 17:28

    Vai voltar a pé?
    (vendo bem, depois das cenas maradas da "noite das caches longas", qualquer coisa é possivel)

    Óh Luis, a moça deixou que casasses com ela? Cheio de sorte…

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.215 seconds.