2º fds Geocaching Negro

PedroOCoyote - 2003/05/20

Oi pessoal,

  Como já devem ter reparado pelo título da menssagem este fim de
semana foi negro :-(.

  Então passo a contar-vos…. o meu fds:
  Comecei por me levantar por volta das 9H30 preparei a famosa
mochila de Geocaching, pôr corda nos sapatos e aí vai ele direitinho
a Sintra (com espectativas de encontrar a famosa cache do MAntunes
que ninguém ainda a encontrou "Castelo dos Mouros"), pois é….. e
parece que continua sem ser encontrada é que eu também não
consegui 🙁 , e porquê?…(perguntam vocês). 1º ao entrar em São
pedro de Sintra virei logo à esquerda e comecei a subir logo a serra
indo dar à parte inferior do Castelo sem ter que ir dar à porta
principal como ele indica, e como fui por aí pareceu-me ser mais
perto após aqui o menino ter colocado o tal waypoint da entrada
princípal ( o que me parecia na altura bom para que não me engana-
se), quando chegou lá ao local e coloquei as cordenadas da cache
reparei que já tinha passado pelo local dela 🙁 , (foi só subir
mais um bocado), e lá fui eu, um golinho de àgua uma barra
energética e estava eu preparado para subir aquelas pedras enormes
(estas sim com mais de 2,00 metros de altura….), quando cheiguei
ao local toca a vasculhar tudo….. e nada  🙁 …., então resolvi
parar um bocado sentado numa rocha esta mais pequena ( claro -2,00
metros) e olhar para os varios sítios onde ela poderia estar, quando
de repente começo a ouvir vozes e a pisarem aquela folhagem toda que
anda ali pelo chão….. eram quatro gajos do Norte…( pareceu-me
pelo sotaque deles), eles todos a olharem para mim e a pensarem, ( o
que anda aqui um "xoné" a fazer de mochila às costas?) e eu pensava
(que andam para aqui 4 gajos a fazer, será que andam à procura do
mesmo?), claro só pensei isso quando reparei que tinham qualquer
coisa na mão parecida com um aparelho (não sei se GPS ou Máq.
Fotográfica), então resolvi manter-me quieto e sempre a ver onde
poderia estar o raio da cache, nisto já lá estava à 2 Horas. Passado
um bocado eles foram-se embora e toca de vasculhar tudo
novamente….. e nada …. resolvi ver a ajuda vasculhar
novamente… e nada 🙁 . nisto resolvi desistir e ir para casa
almoçar, só que o problema foi esse, saber o caminho de volta ( pois
é que não marquei as cordenadas onde tinha deixado o carro ) foi um
problema, quando me apercebi de que já tinha descido de mais e
resolvi fazer corta-mato, ( pior a emenda que o soneto ), esgotei o
resto da garrafa de àgua até que lá descobri o caminho, chegado ò
carro só pensava (onde raio escondeu ele quela cache para ninguém a
encontrar? – sabendo eu que ele foi lá fazer uma verificação em
abril como diz no site? ). Resumindo, fui almoçar.

  Durante o almoço não deixava de pensar e a dizer pr´a minha
futura ( será que este fds não faço nenhuma? ). Então resolve-mos ir
novamente para Sintra, desta vez fui tentar a do Pedro Regala "Lugar
dos Mortos". Então lá fui mais a Sandra. Segui todas as cordenadas
que ele indica para o percurso de carro, mas como não dava para
subir uma certa ladeira resolvi deixa-lo a cerca de 500m do local.
Olha a hora que levei a Sandra para esta cache, pois não parava de
dizer ( "vamos subir isto tudo? – Ai, estou tão casada. – Olha as
minhas cambrias nos pés – Olha as minhas perninhas.), eu dizia só
para a confortar ( são só 500 m , isto é rápido.), (…pois esqueci-
me é que eram 500m em linha recta), então lá acabamos de subir e
chegando ao local que o Pedro Regala indica que estamos a cerca de
120m, disse à Sandra para ficar ali enquanto eu atravessa-va as
silvas ( de que o MAntunes gosta tanto!!!!), e lá fui, chegando ao
local da cache e comecei a vasculhar, oiço uma voz feminina lá atrás
a cerca de 120m (PEDROOO), (ONDE ESTÁS?), pronto tive que voltar
para trás e desistir porque também começou a caír um grande
nevoeiro. Mas não ficou por aqui quando voltava ao carro resolvi
perder-me ( lá estava eu a não marcar o ponto onde estava o carro ),
e toca de subir, descer e a dizer (mas eu não me lembro desta àrvore
caída no chão), e só ouvia ( AÍ OS MEUS PEZINHOS!!!)……até que
resolvemos, (vamos sempre por aqui desde que vá parar à estrada já
nos orientamos), e assim foi…. Foi o melhor que fizemos senão a
esta hora ainda andava às voltas à procura do carro. Voltamos então
para casa de rastos prontos para um grande banho e uma bela
jantarada para repor as energias.

 Este foi o meu fds negro mas bem passado não só pelo desporto mas
pela bela paisagem que podemos desfrutar da Serra de Sintra.
  Um muito obrigado ao MAntunes e Pedro Regala por estas fabulosas
caches que por acaso são partes que eu ainda não conhecia da Serra.

  Mas prometo que no próximo Sabado lá estarei mas desta vez quero
ver se consigo levar reforços, promessa "Faro de Coyote" que as vou
encontrar nem que tenha de virar a serra de pernas para o ar. 😉

 Um Grande Abraço,

  PedroOCoyote

0 responses so far ↓

  • There are no comments yet...

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 33 queries in 0.202 seconds.