Preso na "Praia"!

MAntunes - 2003/06/20

No dia 19/6/2003, decidimos regressar à actividade após o GPSr ter sido recuperado

Nos nossos planos estava uma ida à praia da Figueirinha, almoçar e de tarde ir "às Caches" – "Mouriscas" e "A Cache na Praia".

Mas, este dia foi o mais quente do ano até ao momento (na rádio, previam 42º para Lisboa!) e toda a gente correu para as praias. Farto de estar a desperdiçar o precioso tempo, decidimos, com alguma relutância do Filipe, voltar para trás, quando estávamos parados na fila junto à Fábrica de Cimento.

Fomos para a "Mouriscas" para a encontrar e almoçar na zona de pic-nics. Assim fizemos e tudo correu normalmente; Muito calor, o Moinho de Maré interessante, os pássaros e as cigarras a cantar, a zona de pic-nic só para nós e… pela primeira vez não vi necessidade de fazer o "trash out" da ordem! Parabéns a quem lá tem ido e deixado o local limpo ou a quem o limpou recentemente.

Procurei a cache sózinho (o Filipe já não "aguentava" o calor) e, após 19 minutos de procura lá encontrei a cache por sorte (já estava a preparar-me para descodificar as dicas mas não foi preciso). Depois de encontrada, convidei a "Mouriscas" para se juntar a nós à mesa para a poder disfrutar, registar o logbook e trocar as prendas, junto da minha família enquanto comíamos as "buchas" – Estive sempre atento ao local da cache para ver se não aparecia outro Geocacher à procura dela

Depois das formalidades e do almoço, rumámos à Fonte da Telha para caçar "A Cache na Praia" e depois ir à praia.

Quando chegámos à zona, havia muito trânsito mas andava… Decidi fazer uma variação à "caçada" porque desde hà muitos anos – quando praticava campismo selvagem na Lagoa da Albufeira com os meus amigos e uma manta cada um – que tinha a curiosidade de um dia subir ao cimo dos "penhascos" como nós lhe chamávamos na altura (tinha entre os 18 e os 22 anos). Esta cache deu-me a oportunidade para isso. Obrigado João . Chegado ao local que estava perpendicular às coordenadas da cache, estacionei o carro (à sombra!) passámos a vedação, num local próprio para o fazer (coloquei as coords. no log da página da cache) e dirigimo-nos para o alto da Arriba Fóssil (o caminho é fácil – a minha mulher que é deficiente, pôde fazê-lo). No local, encontrámos um miradouro com proteção feita em troncos e ficámos por ali a admirar a paisagem que é deslumbrante pela beleza e amplitude  . Só não ficámos mais tempo porque o sol estava muito quente. Percorri alguns  trilhos por ali, tirei fotos mas decidi não descer em direcção à cache – parece perigoso.

Depois, fomos então para a praia (alegria do Filipe) e lá passámos pelo trânsito intenso mas que estava a ser regulado pelas autoridades e, fluía devagarinho.

Chegados à praia (a seguir ao bar indicado na cache), instalámo-nos e, enquanto o Filipe ia dar os primeiros mergulhos, eu fui à "caça". Não foi fácil para mim (alguma é?). Fui direito ao sítio que a agulhinha me indicava (EPE de 13 m) e lá andei nas aventuras do costume (arranhões…) enquanto resmungava para comigo mesmo; "Fácil! Diz o Ricardo… Fácil!…" Bom… ao fim de meia hora (!) lá a encontrei sem necessitar das dicas (mas por pouco!). Não tirei nada mas deixei um miniatura do símbolo dos Escuteiros.

Depois lá fui à praia… e que bem que me souberam os mergulhos! Estava todo suado e cheio de pó! Não gostei é do efeito da água salgada a tocar nos arranhões… "ossos do ofício".

Depois dos primeiros mergulhos, enviei um SMS ao autor da cache a dizer-lhe as palavras que faltam na página e a "pedir" autorização para registar (Esta é uma cache regular. Não é preciso autorização. Mas só por brincadeira, cumpri as "formalidades")
Como a praia estava cheia de gente e aquela praia só tem uma saída, calculei que era melhor sair tarde… O tempo até estava bom. O pior é que toda a gente pensou como eu… Às 20H00 decidimos sair e… ficámos presos no carro até às 23H35! Todos completamente parados! Com os motores desligados. A fazer viagens até aos bares da zona para comprar alimentos de recuros, água, etc…! Toda a gente indignada… Num engarrafamento sempre se anda um pouco, nem que seja 5 metros por hora… mas completamente parados e com os motores desligados, durante 3H35m!?…

Quando se começou a ligar os motores e a andar (23H35) demorámos 50 minutos para chegar ao cimo da saída da Fonte da Telha (em frente à Guarda Fiscal) e, depois, 35 minutos para chegar a casa (Lisboa, Penha de França)… onde estava o motivo do "engarrafamento"? Como de costume… já lá não estava…

Portanto, esta cache deve mesmo ser feita durante os dias de semana durante o Verão (O joão bem avisou na página da Cache)…

Nuno, ainda bem que não foste conosco – Era muito complicado para vocês com o bebé para cuidar…

4 responses so far ↓

  • 1 btrodrigues // Jun 20, 2003 at 16:02

    caríssimo, foste um dos desgraçados que se decidiu aventurar à praia da Figueirinha… eu também estava preparado para ir e, se o tempo estivesse farrusco como na quinta feira, dar um pulinho aos hanging gardens e à gruta da santa margarida… (na quinta feira fui para lá no carro de uns amigos e esqueci-me do GPS)…

    Figueirinha, nem vê-la. Ás 10 da manhã a fila chegava quase ao centro de Setúbal. Demos a volta na fábrica do cimento e fomos para Tróia.

    😀

    Porque é que toda a gente vai para a Figueirinha? Hmm?

  • 2 ricardobsilva // Jun 20, 2003 at 16:51

    Pois, a mim pareceu-me na altura, pois o GPS indicava para o local exacto e olhando na direcção correcta pensei "Só pode estar ali" … e estava 😉

    Essa tua aventura para sair da praia faz-me lembrar um festival aéreo em Beja, em que levei 3H para percorrer 1Km. Claro que da segunda vez que lá fui, levei a mota. Filas? O é isso? 😉

    Um abraço

    Ricardo

  • 3 MAntunes // Jun 21, 2003 at 13:26

    "o GPS indicava para o local exacto e olhando na direcção correcta pensei "Só pode estar ali" … e estava ;)" Ricardo, queres trocar de GPSr? A agulhinha do meu indicava numa determinada direcção (não posso dizer qual) e, como havia trilhos nessa direcção, lá fui eu…
    Esta agulhinha deve ter algo contra mim… 😉

  • 4 cds_t2 // Jun 23, 2003 at 16:16

    Manuel,
    obrigado pela dica. Vou deixar essa para o Inverno. Aliás, esse é um dos locais que conheço bem… (EhEh).

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.210 seconds.