Pelas caches do Ricardo…

MAntunes - 2003/07/12

Ontem, foi o dia das caches do Ricardo BORDEIRA Silva .

Convidei o Pedro Polme a ir comigo, para espairecer um pouco do desgosto em que anda mergulhado e, lá fomos mais o meu filho Filipe e o cão dele, "Snoopy" (vocês já estão fartos de saber o nome do cão! Porque é que eu continuo a dizer o nome dele!!!????).

Começámos pela "Enjoy Alcochete" mas, apesar de eu ter comprado um bicicleta para estrear nesta cache, não levámos as bicilcetas porque o Pedro não conseguiu arranjar uma para ele e, para mim, era mais importante propiciar-lhe este dia de Geocaching do que ir de bicicleta – talvez lá volte um destes dias…

A cache por onde comçámos teve alguns momentos de boa disposição conforme íamo resolvendo/descobrindo as coordenadas para o próximo nível…
Descobertas as coordenadas da cache  final, aproximamo-nos do local mas fizemos uma pausa para almoçar e visitar alguns locais interessantes. Depois, lá fomos ao ataque final e, a 200 metros da cache, eu fiquei à espera que o Pedro a fosse procurar, esconder e regrssasse novamente. Depois fui eu descobri-la. Gostei de ver lá a "Ammo-box" que foi a "taça" do jogo do 2º. Encontro e coloquei-lhe um boné com o logotipo do Geocaching em Portugal.

Depois, fomos procurar a "Ermida…da Ussa". Aqui, gostámos bastante mais do local! E hà mesmo vacas por todo o lado… e pretas! Era verem-nos a andar e a olhar para todo o lado tentando descortinar um "peso pesado" lançado em correria na nossa direcção… Medricas que nós somos… Bom, só agora é que digo isto 😉
Como não podia deixar de ser, abordámos o local da cache pelo lado errado e a certa altura, estava uma vedação, uma vaca preta e a lagoa entre nõs e a cache! Tivemos que voltar para trás para tentar outra estrada e mais umas "não sei quantas" cancelas. Depois, ficámos com o carro atolado na estrada onde a areia era mais fina e abundante e foi um pouco difícil sair de lá…

Perto da cache, passámos por uma vaca que estava mesmo a 3/4 metros escondida atrás de uns arbustos… parecia que estava a fazer uma emboscada… ou estaria apenas a proteger-se do sol escalante?

Chegados ao local da cache (Espectacular! Muito bem escolhido para colocar uma cache, Ricardo), trocámos de vez e fui eu primeiro procurá-la (tem lá um elemento que me agradou muito… mas não posso revelar "spoilers"). Enquanto estava a abrir a cache, recebo um Sms do Ricardo a dizer que estava no Bar Lupi à nossa espera para conversar um pouco conosco :-).

Resta-me acrescentar que esta cache da "Ermida …da Ussa" me parece um excelente oportunidade para dar uma boa volta de bicicleta entre o Bar Lupi e a cache e voltar (Não levar roupas ou bicicletas vermelhas 😉 e levar água, chapéu e protector solar – é tudo estradas sem de terra/areia muito boas para dar umas pedaladas sem receio do trânsito automóvel …só hà as vacas…

Obrigado Ricardo, pelos bons momentos que nos propiciaste! 🙂

1 response so far ↓

  • 1 MAntunes // Jul 18, 2003 at 23:30

    Voltei a esta cache por dois motivos:

    – Havia esquecido a minha "prenda". Apesar de ter referido no log, não trouxe o lenço de motociclista. Fui lá buscar o que me "pertencia" 😉

    – Fiquei impressionado com o trabalhão que o Ricardo teve na preparação da "surpresa" e decidi que não podia desperdiçar esse excelente trabalho. Já hà tempos havia decidido comprar uma bicicleta para mim e, esta cache, foi o argumento final que me faltava ;-). No entanto, tal não foi possível no dia da caçada porque o Pedro Polme não arranjou uma para ele. E, como eu queria mesmo propiciar esta caçada ao Pedro (que anda triste por causa da perca do GPSr) não deu para ir de bicicleta naquele dia. Assim, fui lá ontem fazer todo o percurso da cache mais a "surpresa" ;-). Gostei imenso. A cache fica muito mais interessante de bicicleta.

    Não desperdicem o trabalho e boa vontade que o Ricardo demonstrou na preparação desta cache.

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.195 seconds.