Franchising VG !!!

portelada - 2006/05/29

A IDEIA!!!

As bases estão lançadas! O Projecto VG está em marcha, 4 caches foram criadas para demostração desta ideia !!!

http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=ea2bc081-96d6-40b4-9a4a-498a096f82dc

http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=b6577b55-e0da-43f8-8874-ca594c6d613d

http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=56234dd6-74a8-4506-9a72-47b9d302b748

http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=56234dd6-74a8-4506-9a72-47b9d302b748

AS BASES !!!

A Rede Geodésica Nacional (RGN) é composta por um conjunto de pontos coordenados – Vértices Geodésicos – que possibilitam a referenciação espacial.

O número de vértices existentes na totalidade do território (Portugal Continental e Regiões Autónomas) é, actualmente, de cerca de nove mil, repartidos por vértices de:

Continente: 1ª Ordem (cerca de 120), 2ª Ordem (cerca de 900) e 3ª Ordem (com uma densidade aproximada de 1 vértice por cada 10 km²) Arquipélago dos Açores: cerca de 500 Arquipélago da Madeira: cerca de 150

http://www.igeo.pt/IGEO/portugues/Frameset-produtos.htm

O FRANCHISING !!!

"Um Geocacher por Vértice"

A ideia é espalhar microcaches pelos Vértices perto das vossas casas, cada geocacher escolhia um VG á sua escolha, por ter alguma importancia sentimental ou por outra razão quaquer….. o importante é tentar ter microcaches nos VG e partilhar as vistas dos mesmos !!! acreditem que vale mesmo a pena !!!

A ideia inicial é colocar microcaches, vulgares rolos fotográficos com o minimo possivel. Apenas uma nota Geocaching, um logbook e um lápis!

Isto torna a construção e manutenção da cache simples e barata, assim sempre se podia "ocupar" mais uns VG !

Ao fazerem a ficha da cache no www.geocaching.com , apenas tinha de seguir algumas regras no nome a dar a cada uma. O nome da cache tem sempre de começar por…

"PROJECTO VG"

…. seguido do nome do VG segundo as cartas militares …

"PROJECTO VG – CORTEGAÇA"

… seguido da zona onde o VG se encontra entre parentesis rectos !!

""PROJECTO VG – CORTEGAÇA [sintra]

A ideia e simples mas interessante, quantas vezes já passaram por VG e pensaram em lá ir a cima ver a vista , explorar o seu redor, caminhar monte a cima e alcançar o ponto mais alto dos arredores???

Projecto VJ

"Um Geo por VJ"

19 responses so far ↓

  • 1 SUp3rFM // May 29, 2006 at 15:51

    A iniciativa parece-me de louvar, mas não haverá o risco de banalizar a coisa?

    Poderão haver VG com vistas redundantes, face a outros.

    Por outro lado, a "obrigação" ou a opção de colocar microcaches em locais que seguramente alojam caixas maiores poderá ser decepcionante. E já que a ideia é apenas colocar micro caches para assinar apenas… O Waymarking já tem na sua directoria a categoria "Portugal Geodetic Points": http://www.waymarking.com/waymarks/default.aspx?f=-1&WTGUID=d0d6c4ff-11e2-4674-bfea-98976b460797

    Não será melhor apoiar esta categoria no Waymarking, proposta pelo PauloJota?

    Se o objectivo é dar importância aos VG, suponho que o que está feito no Waymarking seja aquilo que se pretende.

  • 2 2 Cotas // May 29, 2006 at 15:56

    Só tens que começar é do lado de Barcelona e vir andando…

  • 3 danieloliveira // May 29, 2006 at 18:13

    Todos sabemos que o D tem um carinho especial pelas micros.
    E por isso, o que o  D quis dizer, mas teve vergonha, ….é começar em Barcelona e ir para ESTE! 🙂

  • 4 MAntunes // May 29, 2006 at 21:43

    …com o owner de uma cache aqui perto, para que ele a afaste um poucochinho para o lado, de modo a que eu coloque uma micro no VG que está no antigo quartel da Mocidade Portuguesa…

  • 5 lumacafi // May 30, 2006 at 00:53

    Uma só palavra.
    Waymarking

  • 6 danieloliveira // May 30, 2006 at 08:51

    Quote:
    ….não sabe se vai encontrar mais uma micro com um lápis e um logbook num VG ou se vai encontrar uma cache a sério, daquelas que os verdadeiros geocachers gostam de encontrar.

    Este pequeno texto é um excerpto de um mail enviado pelo Cáudio Cortez através do Yahoo Groups. Pelo que sei, todos os que estiverem registados neste grupo, recebem estes mails.

    Eu devo dizer que gosto menos de micros do que smalls e regulares mas não tenho o ódio que o D tem. É verdade que quando tento levar a família a caches micro, há logo uma resistência porque normalmente as prendas são quase sempre "virtuais" e os meus filhos querem é prendas reais.
    No entanto, considerar que só as caches small/regular/large são "caches a sério" é demais. Agora, considerar um verdadeiro geocacher, um que só caça caches além de tamanho micro, deve ser a pior parvoíce que já foi avançada neste grupo de malucos.
    Porventura se isto for verdade, considerem-me um simples geocacher "amador" in a league far below yours.

  • 7 SUp3rFM // May 30, 2006 at 09:14

    Daniel, estou de acordo contigo. Não tenho um ódio de morte às micros, até porque as utilizamos para algumas caches urbanas que temos.

    Achamos que deve haver coerência na escolha do container tendo em conta o local e a segurança do mesmo.

    Para nós, faz óbvio sentido colocar uma micro em caches como a Fernando Pessoa, por exemplo. Assim como faz sentido colocar um container regular ou ainda maior na Half a Mountain.

    Não faz sentido, por exemplo colocar uma micro na Karren Field, em Olhão… ou ainda, é para mim difícil de aceitar, colocar micros para apenas assinar o logbook nos VG´s.

  • 8 rebordao // May 30, 2006 at 11:34

    MICROS!
    Vou pôr uma micro num VG e à volta espalho pregos…; Tadinho do Jimny
    Já me estou a ver a cantar “o vrum do Porteladas tem um pefff no pneu…;”
    …;eu não prometo nada…; talvez seja melhor por uma Large (sempre lá cabia uma bomba e uns remendos) [:)]
    Hugo

  • 9 2 Cotas // May 30, 2006 at 12:22

    Eu cá como não gosto de micros mas até nem tenho nada contra estas ideias, vou comprar uma marreta.
    Sempre posso alargar o buraco do meu VG para caber lá uma regular…

    (Alargar o buraco? Bem…voces perceberam…)

  • 10 MAntunes // May 30, 2006 at 12:45

    Se alargares o buraco, já posso colocar um Tazzo regular!

    Onde isto vai parar…

    Porque é que não se limitam a aderir ou não às ideias e a visitar ou não as caches que são colocadas?

  • 11 btrodrigues // May 30, 2006 at 15:59

    vocês não perceberam a ideia original. a ideia original é o pessoal pagar para não meterem micros nos buracos dos VG!

  • 12 clcortez // May 30, 2006 at 20:06

    Daniel, não interpretes mal!

    Faltaram as aspas no "a sério", o que quis dizer é que um geocacher preferem encontrar boas caches bem esgalhadas em sítios escabrosos mas bonitos e bem completas e de tamanho considerável que dê para pôr muitas coisas do que uma micro no VG, onde à partida nada mais lá vais fazer que assinar um logbook e ver a vista.
    Nem pensar que um geocacher só o é se não encontrar micros!

    Que fique uma coisa assente : Sempre que possível coloca-se uma regular, se não der, smalll, e se ainda assim não for possível, micro. É assim que funciona. Por isso, tão geocacher é quem apanha micros como larges como as mais disfarçadas de todas. Assim como quem as esconde.

    A "nossa" relutância quanto ao projecto dos VG´s é apenas que além de semear caches por todo o lado só para marcar VG´s essas poderiam ser regulares em vez de simples micros, porque na maior parte deles ( no campo, claro ) há hipótese de esconder uma regular, nem que seja  15 ou 20m do mesmo.

    Estamos entendidos? Ou é preciso ir à lota?

  • 13 clcortez // May 30, 2006 at 20:10

    Como o Manel disse e muito bem, quem concorda vai caçá-las, quem não concorda não vai.
    Quando desconfias que uma cache não vale o esforço não vais, certo?
    Pode ser que um dia alguém combine uma mega caçada de BTT pelos VG´s de uma região, e aí sim está um bom pretexto para as visitar! Fora disso…logo se vê.

  • 14 rebordao // May 30, 2006 at 20:43

    …achou muito violento o meu comentário, aqui vai uma alteração:
    em vez de Large posso sempre por uma small; em vez de pregos uns pioneses; em vez de remendos e bomba basta uma pinça ou outra cena qualquer para sacar pioneses sem estragar as unhas…

    Porteladas… longe de mim maltratar o jimny 🙂

    Agora tenho é de escolher um VG… anda para aí muita gente a usar VG sem ter cuidado com as regras do franchising…

  • 15 portelada // May 31, 2006 at 02:10

    Bem ….. nunca pensei que esta ideia fosse dar tanto "molho", a ideia sempre me pareceu boa, eu realmente sempre fui muito apegado aos VG, já fui muito feliz perto de alguns !!! LOL

    Agora longe de mim banalizar o Geocaching, só acho que os VG são realmente um dos simbolos antigos da Georeferenciação, e como tal , deviam ser mais acarinhados por quem pratica este desporto de paixão!!!

    Pessoalmente as prendas não me dizem nada, acredito que no futuro, quando tiver a minha prol comecem a ter mais significado!!! por enquanto o que me atrai no Geo é o descobrir novos sitios… e os VG são sitios de eleição, quer pelo acesso , quer pela paisagem !

    A escolha das micros, foi simplesmente pela facilidade de concepção e colocação, se alguem quiser colocar "regulares", melhor !!!

    Achei a ideia diferente e interessante, agora, se não tiverem de acordo, sempre posso converter o PROJECTO VG , acabar com umas e mudar outras !!!

    A ideia de cada um Geocacher "batizar" um VG pareceu-me na altura excelente … mas realmente começo a ter dúvidas !!!

    As que estão vão continuar…. depois segundo os logs e a adesão logo vejo a viabilidade do Projecto, de qualquer maneira, não se procupem … não fico chateado nem melindrado…. aliás , estou a preparar um com tudo o que tem direito…. e regular ….a pedido de várias familias!!! 😉

  • 16 2 Cotas // May 31, 2006 at 16:55

    ""eu realmente sempre fui muito apegado aos VG, já fui muito feliz perto de alguns !!! LOL ""

    Cá para mim andas mazé a dormir ao relento…

  • 17 clcortez // Jun 1, 2006 at 19:25

    Portelada, fizeste aquilo que se impunha para que o caso ficasse arrumado : aparecesses a explicar quais os teus intuitos nesta mega acção dos VG´s.

    Afinal, bastava uma pequena nota explicativa para que não houvesse dúvidas quanto à tua idéia que não é de modo algum de rejeitar, apenas de rectificar, na minha opinião.

    O que pertendes fazer a seguir parece correcto, especialmente se optares por não colocar mais de 8000 caches espalhadas pelo país!:)

  • 18 portelada // Jun 2, 2006 at 00:48

    tás a brincar ???  não havia rolos fotográficos para tantas …. estamos na era do DIGITAL !!! lol

  • 19 danieloliveira // Jun 2, 2006 at 10:57

    Eu arranjo 17 se quiseres. Com mais umas contribuições, ainda chegas lá….-:)

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.169 seconds.