Logs de TB e Geocoins

SUp3rFM - 2006/08/03

Parece que finalmente, estamos a ter um bom rácio de Travel Bugs e de Geocoins por Portugal. Ao nosso redor, facilmente encontramos quer um ou outro item numa qualquer cache.

Mas, (e há sempre um mas…) há caches que ainda tem indicações de terem TB ou Geocoins sem estes estarem presentes. Isto leva a possíveis frustrações por parte de alguns geocachers por não encontrarem o "ouro prometido" e por outro lado, lança a dúvida do paradeiro do TB ou da moeda.

Executando uma Pocket Query a partir de Lisboa, encontramos pelo menos 5 caches que listam TB/Geocoins no seu inventário quando na realidade há muito que estes sairam de lá.

É assim tão difícil e complicado logar no tempo certo?

Um Travel Bug é, pelo menos para nós, algo especial. Estamos sempre à espera de ver o próximo passo dos nossos. Sabem aqueles que já perderam alguns o quanto é frustrante começar a não saber onde andam até que alguém confirma o seu desaparecimento.

Será pedir muito um cuidado especial para este tipo de situações?

24 responses so far ↓

  • 1 Walrus // Aug 3, 2006 at 14:23

    Concordo plenamente. Apesar dos TBs/Geocoins não serem a parte essencial do jogo (muito pelo contrário), penso que deve haver um esforço adicional de cada geocacher para fazer os logs que envolvam estes items da forma mais celere possível.

    É certo que por vezes é complicado (caches em férias e afins) mas muitas vezes não será o caso. Um simples log na cache "Found it, details later" e o respectivo retrieve do TB não demora mais de 2 minutos a fazer 🙂

    Pronto, ficaram os meus dois cêntimos 😀

  • 2 SUp3rFM // Aug 3, 2006 at 14:46

    É isso Walrus. Um log simples nem que seja para avisar onde ele anda é suficiente.

    Por exemplo, ando preocupado com esta moeda:

    http://www.geocaching.com/track/details.aspx?tracker=TBX3CA

    A moeda foi-nos enviada para colocarmos a circular em Portugal. Foi colocada a 10 de Junho na última cache (Praia do Côxo) e desde aí nunca mais se ouviu falar dela.

    Alguém sabe do seu paradeiro? 🙁

    Foi largada

  • 3 danieloliveira // Aug 3, 2006 at 15:19

    Concordo contigo. Os logs dos TB´s deveriam ser feitos no mesmo dia ou no dia a seguir se não for possível fazer na altura.
    Já tive que ameaçar certos cachers com castração mas mesmo assim é muito dificil.

  • 4 sismeiro // Aug 3, 2006 at 17:00

    Será que todos os iniciados no Geocaching sabem o que são TBs e não os confundem com as "prendas" normais para troca pois só leram as regras básicas do geocaching?

    Muitos TBs têm indicações sobre o que são, para que servem e como fazer o tracking mas será que todos lêem?

    Será que alguns TBs e geocoins são tão giros que há quem fique com eles?

    Geocumprimentos,
    Luis Sismeiro

  • 5 clcortez // Aug 3, 2006 at 18:47

    O principal problema das geocoins e TB´s a circular em portugal é que na sua maioria não tem o respectivo passaporte agarrado. Quem chega a uma cache e vê uma moeda tão gira e não sabe o que é diz "Olha, que moeda tão gira! Deve ser para levar!". E pronto, se essa pessoa raramente faz geocaching lá fica a moeda meses ou até para sempre na prateleira de alguém.

    Não basta dizer para ler o que está na página, pois muitos nem os chegam a logar, logo nunca vão saber que aquilo é para ir rodando.

    Esta questão das geocoins faz-me lembrar as moedas furadas dos Dinkie que circulam ali para a região centro. Quando apanhávamos uma nas suas caches nunca sabíamos o que era para fazer.

    Por isto tudo acho que temos que de uma vez por todas establecer regras mais definidas nos TB´s e geocoins nomeadamente no attach dos respectivos passaportes quando apanhamos um destes items e o mesmo não tem o respectivo.
    Eu ao início sempre que apanhava um TB e que não tinha o passaporte imprimia-o a partir da página respectiva e acopolava-o ao TB. Fiz isto algumas vezes mas depois apercebí-me que era dos poucos a fazê-lo e porque não sou rico para ser o único a andar a gastar papel, tinteiros e papel autocolante para fazer os TB´s e agarrá-los às chapas.

    Se concordarem acho que assim como podemos fazer uma força para recuperar as caches à muito indiponíveis também todos juntos podemos meter os passaportes nos items que não o tenha e desta forma educar quem os mete a circular sem o respectivo.

    Quanto à questão de TB´s perdidos esta toca-me particularmente pois tenho um TB "perdido" na cache Naufrágio do Veronese desde 31/10/2005 e eu próprio já estive na cache e confirmei que ele não está lá…e nada fiz ainda porque não sei o que fazer mais. Contactei quem o deixou lá, falei com o owner, contactei alguns dos visitantes que estiveram lá depois…e nada. Não sei o que fazer, se o "ressuscito", ou se o "enterro".

    Cláudio Cortez

  • 6 SUp3rFM // Aug 4, 2006 at 00:16

    Se alguém vê um TB/Geocoin tem duas opções: Ou pega, ou não pega… com algumas variações.

    Se não pegar, porque não sabe reconhecer um TB ou uma Geocoin. A coisa fica por ali.

    Se não quer pegar, geralmente faz o discover (o que é sempre positivo para o owner que continua a saber que de facto, o seu item continua na cache).

    Se pegar assume desde logo a responsabilidade de saber o que é (não pode ignorar, por exemplo a chapa de um TB, mesmo que não tenha objectivo).

    Quanto às geocoins, se não tiver nenhum tipo de passaporte, creio que deve indicar no log online que retirou uma moeda. O owner que acompanha o percurso dos seus TBs pode então tentar contactar esse geocacher e perceber se a tal moeda é de facto a sua geocoin.

    Um cenário menos positivo é quando um geocacher agarra nos TB/Geocoin, não faz o log online. Nesse caso, geralmente a história completa-se quando este os deixa novamente numa outra cache. Espera-se que alguém nessa altura faça o log correcto.

    Pior que isto é o facto dos TB/Geocoin irem parar às mãos de geocachers activos e estes, por desleixo (acho), não fazerem os logs atempadamente. Ninguém exige que façam 10 minutos depois de encontrarem a cache. Bastaria tão simplesmente fazer o log dos pickups/drops um, dois dias depois de tal acontecer.

    Mas pior, pior… só mesmo estes desaparecerem sem rasto.

    É isto que não quero acreditar que aconteceu com a geocoin que refiro acima. Supostamente foi colocada para o evento Marisco & Geocaching e não se viu mais nada.

  • 7 ricardorsilva // Aug 4, 2006 at 09:24

    Acho que o Cláudio tem razão. Se encontramos um TB sem passaporte, devemos imprimir um e colocá-lo. Demora-nos 2 minutos, e estamos a ajudar um insecto a cumprir a sua missão. Foi o que fizeram com o meu, quando eu o lancei na corrida de TBs (como eu não percebia muito de TBs, ele foi um bocado manco)!

    Lynx Pardinus

  • 8 MAntunes // Aug 4, 2006 at 10:56

    Cláudio, já podes cantar o "Não sou o único!…". 😉

    Aliás, esta ideia surgiu do Ricardo B(ê) Silva, ainda antes de o gc.com implementar a folhita que hoje encontramos nas páginas dos TBs para imprimir e anexar. Já nessa altura se reconhecia o problema de se encontrar, inesperadamente, um TB e não saber o que fazer com ele para ajudar (e não prejudicar) no seu objectivo.  🙂  

    Quanto aos logs atempados, penso que todos reconhecemos a sua utilidade para manter o historial dos TBs/Geocoins actualizados (e das caches tb). Se não hà tempo/disposição para fazer o log completo, então um log sintético com o respectivo "get"/"drop", serve e depois, mais tarde, completa-se o log.

    Eu, como sou exagerado, agora ando a fazer logs através do telelé/pda, via geocaching/wap e, mais tarde, completo. Mas o log sintético, em casa, assim que possível, serve perfeitamente. 🙂

  • 9 lumacafi // Aug 4, 2006 at 21:53

    Eu sou algo suspeito para me pronunciar sobre esta questão dado não encarar as geocoins como um TB, mas sim como uma forma de coleccionismo acessória ao geocaching.
    Pessoalmente evito largar uma geocoin numa cache, prefiro passa-la de mão em mão para evitar estas e outras situações.

    Mas sobre os logs "atrasados" acho isso simplesmente deploravel.
    Mas compreendo que isso possa acontecer num evento.
    Alias infelizmente os eventos só são arquivados alguns meses depois, porque há sempre meia duzia de tb´s e coins que ainda "teimam" em ficar no evento.

    No entanto não me parece que seja por falta de passaportes que os tb´s não sejam logados.

    Irrita-me mais as "magic coins" que aparecem e desaparecem de caches aparentemente sem que ninguém lá as vá buscar. Mas isso é outro angulo do problema.

  • 10 danieloliveira // Aug 5, 2006 at 21:52

    COS (geocoin 1) * TAN (geocoin 2) = SIN x

  • 11 Cachapim // Aug 7, 2006 at 12:37

    Era uma vez…

    …uma Cabrinha da Estrella, cujo objectivo era andar a saltitar de cache em cache, dentro do Parque Natural da Serra da Estrela.

    http://www.geocaching.com/track/details.aspx?id=134927

    Certo dia, foi apanhada pelo Lobo Mau… oops, perdão, pelos [censurado] que prometeram "(…)esperamos que em breve ele já esteja na sua nova casa, algures por aqui na serra da estrela." Há três meses atrás.

    O dono da triste Cabrinha já tentou saber notícias dela mas o email ficou sem resposta. Buhuhuh… Pobre Cabrinha da Estrella! Nem um saltinho deu…

    Foi o meu primeiro e último TB. Estou completamente convencido que não vale a pena investir em TBs, geocoins e afins. Anda por aí muito geocacher(?) sem grandes preocupações éticas, a colocar isqueiros em caches e a rapinar TBs.

  • 12 Manchanegra // Aug 8, 2006 at 10:39

    Viva,

    eu sou suspeito em alguns destes temas porque já fui a caches que já tinha feito buscar Coins e por vezes fico com os TB’s e com as Coins para alem do tempo que devia. Mas, apenas isso. Nunca fiquei com nenhum nem vou ficar a não ser que tenha indicações do owner para isso. E, se achar que me estou a "esticar" nos prazos envio um mail ao owner.
    MAntunes, o Kinas não está esquecido. Só ainda não tive oportunidade de o levar ao estádio, mas, de Setembro não passa (este é o que está há mais tempo nas minhas mãos, mas, com conhecimento do dono e depois de resgatado após um rapto lol).
    Tenho tb uma coin e uns TB’s que já devia ter colocado noutras caches mas ainda não foi de todo possivel. Por um lado porque as missões deles levam a que apenas algumas caches sejam as mais correctas, por outro, porque tento encontrar a cache mais adequada, onde não sejam encontradas por mugglers, por exemplo. Claro que isto é subjectivo, mas…
    Coins deixadas por mim e que andam mais ou menos desaparecidas já lá vão 3.
    Uma a Scotland GC que aparece listada no Cabo da Roca foi levada por um conhecido que fez a cache comigo, e que introduzi ao Geocaching nesse dia (tb aprendi a não deixar coins nas mãos de qualquer um) e que ainda não fez o log. Já falei com ele algumas vezes e diz-me sempre que a vai deixar numa cache, etc, etc…, mas, até hoje. Se calhar tenho mesmo que o ameaçar.
    Outra, a Cache Hunter que está listada no Baleal foi levada (segundo o logbook) por um Geocacher chamado Uncle_Travelling_Matt que até hoje nunca fez o log. Nessa cache apareceu tb o TB Belinda que supostamente estaria na Pés de Molho e cuja transferencia nunca foi logada.
    No Logbook há tb registos de visitas que nunca foram feitos no site.
    A ultima delas é a Team Pez que deixei na Where are you, e que, aparece em fotos da reportagem da exame informática semanas mais tarde, e que, numa das ultimas visitas foi dada como desaparecida. Não sei onde para.
    Na ultima semana tive oportunidade de fazer a Memória e as caches da zona da Ericeira, e, nestas ultimas posso garantir que não há lá qualquer Geocoin
    Este fenômeno não é novo e sempre desapareceram TB’s e mais recentemente Geocoings que são facilmente colecionáveis. Possivelmente vou passa-las em mão no futuro. Logo se vê.
    Uma das formas de tentar evitar isto é torná-las menos apeteciveis, nem que para isso seja necessário furar as moedas e os TB’s.
    Concordo que podemos fazer um esforço para colocar passaportes ou pelo menos uma etiqueta autocolante num TB ou coin para ajudar na sua missão, e, estou disposto a ajudar.
    Já no que toca a localizar TB’s perdidos, só mesmo pelos Logbooks fisicos e, mesmo assim é preciso que o registo tenha sido feito. Eu vou continuar a fazer esforços no sentido de recuperar as duas moedas primeiras moedas, mas, vai depender muito da vontade de quem a tem.

    Abraço
    AS  

  • 13 sismeiro // Aug 8, 2006 at 12:37

    Com os testemunhos que aqui li sobre os desaparecimentos de TBs e geocoins, dá para perceber que o geocaching não passa à margem da sociedade no que toca a indivíduos que não cumprem as regras.

    O desaparecimento de caches por indivíduos desconhecedores da actividade e que nem se dignam a perceber o jogo, ainda vá lá, mas agora "geocachers" fazerem desaparecem TBs e geocoins, já não compreendo nem aceito.

    Creio que não há remédio imediato, apenas a consciência de cada um pode ajudar a manter o bom funcionamento da actividade. Talvez dando-se mais ênfase às regras nos forums se desperte consciências.

    Geocumprimentos,
    Luis Sismeiro

  • 14 2 Cotas // Aug 8, 2006 at 16:11

    Pois…
    Eu tinha razão, com tanta coisa bonita por ai, estava-se mesmo ver que acontecia qualquer coisa parecido.

    Já com os TB, era o que era, agora com a Geocoins é um fartote. Não dou 6 meses que não tenham desaparecido todas e que a moda tenha passado porque a malta esta a ficar farta de andar a contribuir para as colecções dos outros.

    Cá por mim, tenho uma em meu poder, a do lagarto, que irá um dia destes parar a uma cache que eu ache que esteja a precisar de visitas. Já que vai parar a um bolso qualquer que seja útil antes disso…

    Diamantino
    PS: áh, as minhas duas estão guardadinhas, não há cá pão para malucos.

  • 15 lumacafi // Aug 8, 2006 at 20:38

    Remédio santo para o desaparecimento de coins é a sua passagem de mão em mão.

    Os tb´s são mesmo para andarem na refrega nas caches e o risco de desaparecerem faz parte da sua vida.

    Deixar uma coin numa cache "ao Deus dará" é pra mim um risco inaceitável. Quanto mais que não seja pq o dono da moeda deu algum dinheiro para a ter e para a partilhar com os outros.

    Tenho aqui umas quantas em cima da mesa que "despacharei" no próximo encontro de geocachers.

  • 16 Muesli // Aug 8, 2006 at 22:29

    A minha experiência com TBs é recente e não começou da melhor forma. Tenho 3 TBs em circulação (será?), um deles nos States e este até está a correr bem, mas o meu problema tem sido cá e logo com o meu primeiro TB, o Lucky Guy. Logo à partida a primeira pessoa que o agarrou ficou uns 2 meses em casa com ele e ainda por cima disse-me que já tinha ido fazer umas cache mas que se tinha esquecido dele. Libertado o TB na 2a cache (Paul de Arzila) que virtualmente ainda lá está, já lá vai um mês. Já contactei 2 vezes os ******** e ainda não obtive resposta. Depois é ler, e com razão, comentários de outros geocachers a dizer que não viram lá TB nenhum.
    É uma frustração para quem cria o seu primeiro TB, e para quem vai há cache na expectativa de o lá encontrar.
    Isto mais tarde ou mais cedo parece que acontece a todos.

    Não consigo entender porque alguns geocachers quando fazem o log da visita não fazem também o log dos TBs e das Geocoins. Não custa nada e se gostam tanto de ir procurar caches deviam gostar igualmente de fazer o registo como deve ser, também faz parte do jogo!

    O que me parece é que o geocaching está  ou teve uma pequena explosão de aderentes (se calhar posso incluír-me, pois aderi à pouco mais de um ano) e muitos dos novos geocachers começaram porque foram com alguém que conheciam ou alguém lhes explicou como era e muitos pensam que isto é só andar de GPS em punho à procura da coordenada que está na net.
    Não lêem as regras e/ou apenas sabem o que lhes explicaram ou ouviram dizer, por vezes já de uma forma deturpada.

    Falta de informação não me parece que haja, apenas alguma falta de empenho. Mas temos que nos sujeitar, afinal o risco também faz parte do jogo.    

  • 17 SUp3rFM // Aug 8, 2006 at 22:59

    O acto de pegar num TB ou numa Geocoin é um acto de responsabilidade… Enquanto houver alguns que não o entendem dessa forma, há uns que se perdem pelo caminho.

    Até agora, não perdemos um único TB. Temos um que anda na mão de uns geocachers ingleses que não fazem logs online, portanto espera-se que apareça daqui por uns tempos. Os que andam nos States também se andam a dar bem. O último TB enviado foi parar à Nova Zelândia à espera de fotos daqueles lugares.

    Vamos continuar a apostar em TB (tenho ali mais 5 chapas a olhar para mim) e geocoins (uma perdição!).

    Acho que também este tipo de atitudes de alguns geocachers não devem fazer esmorecer o entusiasmo à volta de TB e Geocoins. Devem sim, aumentar a nossa vigilância perante alguns casos que acontecem por desconhecimento. Face aos que acontecem por pura malvadez, não há nada a fazer.

  • 18 Cachapim // Aug 9, 2006 at 11:42

    Qualquer dia ainda é tornada pública pelo Ministério do Geocaching uma lista dos "Devedores de TBs e Geocoins". Depois não digam que não foram avisados…

  • 19 SUp3rFM // Aug 9, 2006 at 12:11

    Nos fóruns da Groundspeak há uma thread no fórum dos TB com uma lista de geocachers que mantem Travel bugs há mais de 90 dias. E não choca ninguém. Aliás, só choca quem está comprometido.

    Por vezes, também aparecem threads públicas a denunciar acções menos correctas com TB/Geocoins.

    Se acções como estas ajudarem a libertar TB/Geocoin das mãos de quem os tem, melhor.

    P.S. Ninguém sabe mesmo o que aconteceu à moeda The-Fox-and-the-hound que está na Praia do Côxo?

  • 20 Anonymous // Aug 9, 2006 at 16:01

    Na praia do coxo nao estava,vi-a penso eu que é a mesma, na Ericeira. Não a Fotografei,ficou lá com uma embarcaçao TB.Como estamos no começo das caçadas,achamos por bem, nada tirar,nem nada pôr.
    Saudaçoes
    tex/mig

  • 21 Cachapim // Aug 9, 2006 at 16:29

    …e este, alguém sabe dele?

    (desculpem a piada off-topic)

  • 22 Manchanegra // Aug 10, 2006 at 11:47

    Boas (ou más).
    Parece que há mais uma Moeda desaparecida. Alguem sabe alguma coisa desta:
    http://www.geocaching.com/track/details.aspx?guid=d1941474-96bf-4d9f-ae50-81ccfa8ee621

    Alguem sabe quem é que a levou do Tortellini e a deixou em Almada???

    Abraço
    AS

  • 23 SUp3rFM // Aug 11, 2006 at 22:48

    Acabámos de receber mais um pseudo-"carregamento" de geocoins. E digo que é pseudo porque o owner delas, que é muito rodado nestas histórias, fartou-se de perder moedas. Vai daí, toca a fazer cópias em papel das mesmas, junta um passaporte, põe tudo dentro de um ziplock e siga a dança.

    Tira alguma piada? Provavelmente. Mas é a resposta às mãos descuidadas/mal intencionadas.

    Temos que passar por isto?

  • 24 Manchanegra // Aug 14, 2006 at 09:59

    Viva,

    não é inédito, e, se a coisa continua parece-me uma das vias a seguir. Claro que tira completamente a piada á coisa, mas, o Geocaching está cada vez mais acessivel a todos e facilmente uma pessoa com segundas intenções chega a uma cache.
    Por falar em moedas. Acabei de receber uma Canadian Geocoin e uma Quebec Geocoin. São lindas.
    O que é que a Groundspeek não deixava alterar??? Os seus simbolos? Então tem, que ver a GC do Quebec.

    Abaço
    AS

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.187 seconds.