O que é o Geocaching

- 2007/04/19

O que é? 

Geocaching é um desporto de ar livre que envolve a utilização de um receptor de GPS ("Sistema de Posicionamento Global") para encontrar uma "geocache" (ou simplesmente "cache") colocada em qualquer local do mundo. Uma cache típica é uma pequena caixa (ou tupperware), fechada e à prova de água que contém um livro de registo e alguns objectos, como canetas, afia-lápis, moedas ou bonecos para troca.

História

A actividade de Geocaching tornou-se possível devido ao fim da imposição da degradação do sinal do sistema GPS denominado Selective Availability em 1 de Maio de 2000. A primeira colocação de uma cache com auxílio de GPS ocorreu em 3 de Maio de 2000 por Dave Ulmer. A localização foi anunciada no newsgroup sci.geo.satellite-nav. Três dias depois tinha sido encontrada duas vezes e registada uma vez.

O Geocaching tornou-se então popular. Em 22 de Maio de 2006 contam-se 269715 caches activas em 221 países (sendo 590 em Portugal, 60 no Brasil, 2 em Macau, 3 em Moçambique e 3 em Cabo Verde) e anunciadas no site oficial: Geocaching.com.

Geocacher é o termo usado para quem participa nesta actividade lúdica.

 

Geocaches 

Numa cache tradicional, um geocacher coloca um livro de registos, caneta ou lápis e os pequenos tesouros, num saco à prova de água, e depois anota as coordenadas WGS84 (latitude e longitude) da cache. Estas, em conjunto com outra informação sobre o local do esconderijo, são publicadas na Internet. Os outros geocachers, os descobridores, lêem essa página e, com receptores GPS, procuram-na. Quando o conseguem, registam o achado na mesma página. Os Geocachers são livres de colocar ou retirar objectos da cache, normalmente por troca de coisas de pequeno valor, de modo a haver sempre qualquer recordação para trazer.

Algumas caches contêm o que se chama de "travel bugs" ou "Geocoins" – objectos que se deverão mover de cache em cache, e cujos percursos são registados online.

Algumas variações:

  • Micro-cache: pequena caixa onde quase só cabe o livro de registo – as mais comuns são caixas de rolo fotográfico 35mm.
  • Multi-cache: necessita de uma visita a um ou mais pontos intermédios para determinar as coordenadas da cache final.
  • Cache-mistério: necessita que o geocacher resolva um puzzle para encontrá-la.
  • Cache-evento: um encontro de geocachers.
  • Virtual: local a visitar sem caixas escondidas mas que supostamente deve ter algo bonito ou interessante. A visita terá que ser provada através da revelação de algo que garanta que o geocacher esteve presente.

 

 

 

 

 

 Geocaching e o Ambiente

Uma das características que diferencia o geocaching de outras actividades é o esforço feito no sentido de preservar a natureza e criar consciência ambientalista.

Para tal, é normalmente pedido aos utilizadores que removam algum lixo das áreas onde praticam geocaching ("Cache In, Trash Out" – CITO) e que deixem as áreas visitadas iguais ou em melhor estado que as encontraram ("Leave No Trace", "Take Nothing But Photos, Leave Nothing But Footsteps").

É usual também a realização de eventos CITO listados em http://www.cacheintrashout.com/ que envolvem milhares de geocachers em todo o mundo limpando uma área em particular.

0 responses so far ↓

  • There are no comments yet...

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 32 queries in 0.161 seconds.