Ataque à cache: Penha da Águia – GC225TN

Andreia&Telmo - 2011/02/09

A dor é momentânea, mas a glória é eterna!

O 'monstro'Desde o dia 17, o dia em que chegámos à ilha que eu fiquei com vontade de subir este bloco rochoso, mas a Andreia não estava com muita vontade, pois a tarefa parecia impossível. Assim que descobrimos que lá em cima havia uma cache a vontade de lá ir aumentou ainda mais e foi preciso praticamente uma semana a convencer a Andreia para finalmente, hoje tentarmos a subida.A vista a meio da subida

Estacionámos o Cachemobil no ponto “Start of Hike”, pois assim poupávamos energia para quase 1km no total e seguimos para as coordenadas das “Soil Stairs”. A partir deste ponto foi sempre sempre a subir. A vistas foram fantásticas e após 1h30m de subida lá se chegou ao topo onde se pode descansar um pouco antes de atacar a cache.

Do GZ e da sua zona envolvente tem-se uma vista verdadeiramente fenomenal para o zona de Porto da Cruz e para os montes circundantes. Depois de logar decidimos explorar o topo que ao contrário do que pensávamos, de plano não tem nada. Seguimos um caminho que por lá existia, na esperança de este nos levar a um “miradouro” do lado do mar, mas após muito andar percebemos que esse “miradouro” não existia e que na realidade já estávamos a efectuar a descida, foi então que decidimos parar para almoçar.

Descanso a meioA vista do Topo (3)A vista do Topo (5)A descida - vista para Oeste

Almoço tomado e energias recuperadas, era então hora de retomar a caminhada monte abaixo. Este lado do rochedo embora menos inclinado é muito mais húmido e por consequência, mais lamacento e escorregadio o que originou algumas quedas (4) por parte da Andreia.

Após chegarmos à povoação ligámos o GPS de estrada e vimos que estávamos a 3km do carro, o que não era nada, tendo em conta que no dia anterior tínhamos feito o Caldeirão Verde (13Km) e hoje tínhamos subido e descido a Penha da Águia. Os primeiros 800mts foram a descer mas os restantes foram a subiiiiiiir! Boleia não dava para pedir, pois os carros iam todos pelo túnel e nós queríamos seguir por outro lado, por isso só se começou a pedir boleia no ultimo km, quer dizer, começar a pedir não, pois não passou um único carro!

Finalmente, quando já estávamos a 400mts do carro fizemos um pequenos atalho e não é que passam logo dois carros??? Parece impossível mas foi verdade… pior mesmo foi quando chegámos ao carro e estava um autocarro a parar junto da paragem… inacreditável mesmo!! Terminámos às 15h45m, o que dá um total de 5h15m para fazer a cache!

Esta foi a nossa cache nº500 e a nossa primeira com terreno 5, foi sem duvida uma das mais difíceis mas ao mesmo tempo uma das que mais prazer nos deu a fazer!

O 'monstro' (2)

Para a história ficam as fotos os vídeos as memórias e a GLÓRIA DE TERMOS CONSEGUIDO!!![:D]

IN: TB + 2 Lápis IKEA
OUT: Memórias Inesquecíveis

MOPC/TVMFTC

Vídeo do memorável feito:

1 response so far ↓

  • 1 lynxpardinus // Feb 10, 2011 at 12:26

    Muitos parabéns! A isso chamo eu uma excelente 500ª cache!

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.236 seconds.