Atlantis – conquista de um sonho (2351 metros)

team jorgenses - 2006/07/31

Muito obrigado pcardoso por teres criado esta cache.
link

Mas começemos do início.
Esta semana fiquei todo entusiasmado pois ía finalmente ter a oportunidade de subir o ponto mais alto de Portugal – o Pico.
Parti 6ª feira de São Jorge para o Pico.
Chegado ao Pico o nervoso miudinho começou a tomar conta de mim. Comecei a contar os minutos que faltavam para fazer a escalada.
Finalmente chegou a hora. Partimos em direção ao ponto de início da nossa aventura.
Ás 3 horas da manhã demos início á escala (durante as festas do Cais de Agosto, a organização das festas faz escaladas com guia ao Pico, de borla).
Noite lindissima, sem nuvens, céu estrelado. Tudo parecia correr bem.
Ao fim de 3 horas de caminho (e a 200 metros da caldeira) o nevoeiro que já nos vinha perseguindo á alguns minutos tomou conta de nós.
Frio, vento, chuva e nevoeiro era impossível. Foi aqui que o nosso guia ( de seu nome Edi) tomou a decisão mais dificil (mas a mais sensata): não podiamos continuar e tivemos que desistir de tudo.
Não imaginas como fiquei, estar ali tão perto de alcançar um dos meus objectivos.
Mais paciência. Já decidi que em Setembro quando voltar de férias vou tentar de novo.

PS1: para todos aqueles que pretendam alcançar esta cache 2 conselhos:
– 1º) levar roupa quente, um bom impermiável, chocolates, uma garrafa de água e umas boas botas para fazer escalada
– 2º) se forem em grupo, no máximo 4 elementos + guia ou então de preferência sozinho e um guia (eu fui num grupo de 23 pessoas + 2 guias, e por causa disso não conseguimos alcançar o nosso objectivo, porque existem sempre elementos do grupo que vão atrasar o mesmo. E foi o que aconteceu)

4 responses so far ↓

  • 1 btrodrigues // Jul 31, 2006 at 13:40

    atão é um DNF, não é?

  • 2 clcortez // Jul 31, 2006 at 16:05

    É estranho alguém ir a uma cache em Portugal em pleno verão e recomendar que se leve roupa quente!..:)
    (isto, para quem não percebeu, é dor de cotovelo por não poder lá ir tb)

    Essa cache…um dia…quem sabe!

    Um NF quanto a mim é quando se procura efectivamente a cache e não se encontra, o que não foi o caso…ficar a 200m de um local é nem sequer tentar procurá-la. Uma nota na página da cache a referir que efectivamente esteve perto dela e de a procurar será o suficiente. Agora, se realmente chegares ao ponto da cache, a procurares e não a encontrares é definitivamente e sem dúvida um NF.

  • 3 team jorgenses // Jul 31, 2006 at 16:18

    De facto fiquei a 200 metros da cache, mas meus senhores estamos a falar de 200 metros no ponto mais alto de Portugal, o que equivale a mais ou menos uma hora de viagem com bom tempo.
    Nós fomos á noite (daí a roupa quente e mesmo de dia poderá fazer frio). O tempo é muito irregular.
    Relativamente á cache coloquei uma nota na mesma,pois não cheguei a procurá-la, logo não a poderia ter encontrado.
    Uma coisa importante, para encontrar esta cache convem ter boa preparação fisica.
    Para chegarem ao local onde se encontra esta cache, com um dia de sol e uma boa preparação física contem sempre com 2h30m – 3h para subir e 3h – 3h30 para descer.
    Esta cache é um excelente teste fisico para qualquer geocacher

  • 4 clcortez // Aug 1, 2006 at 18:27

    Obrigado antes de mais por todas essas dicas preciosas!:)

    Espero um dia poder fazê-la, especialmente devido ao desafio que é. Conhecer como conheço as caches do owner…promete!:)

    Um dia destes ainda falamos…

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.102 seconds.