Fazer amigos através do geocaching

- 2006/09/24

Fazer amigos é uma tarefa bastante fácil. Quando as pessoas se conhecem através do geocaching, essa tarefa parece ainda mais fácil!

Com um simples mail derrubam-se fronteiras, encurtam-se distâncias, trocam-se experiências e fazem-se amizades muito interessantes.
Conheci o oldboyscout quando este me contactou, algures no verão de 2005, preocupado com a enorme quantidade de incêndios que nesse ano assolaram o nosso país.

Ele e a esposa estavam a planear umas férias em Portugal e não queriam ser apanhados numa situação difícil, por isso resolveram pedir-me informações sobre o geocaching nacional, o clima, etc. Como ele até consegue perceber algum português, por ter estudado latim (vejam lá a semelhança!!!) chegou mesmo a consultar este site e as estatísticas, principalmente por causa dos mapas das caches.

No final do verão lá tiveram as suas férias e, numa rápida passagem por Lisboa, combinámos um breve encontro.

Um ano passou e, depois de alguns mails de Boas Festas, etc, contactaram-me novamente informando-me dos seus planos de cá voltarem nos finais de Setembro.

E assim aconteceu. Começaram por uns dias em Porto Covo, actualmente estão em Santa Cruz e vão acabar a visita com mais uns dias em Sintra.

Hoje encontrámo-nos em Ribamar para uma churrascada, muita conversa e confraternização (numa língua que o meu filhote Tomás achou muito estranha…), troca de geocoins (ai quando virem uma das que ele me deu…), etc.

Resultado, com muito pouco se cativam amigos e se constrói o respeito mútuo!
Quando as minhas finanças familiares se endireitarem (lá para o ano 2025… ) já tenho mais um destino para visitar nas férias, lá para as bandas de Frankfurt

Acabo esta história com uma frase do Tomás, dirigida ao Roland, que espero nunca esquecer: “Pimo, pimo!* Queres ver desenhos animados comigo? Eu estou sozinho lá em casa…”
[o moço agora pensa que todos os amigos são primos e da idade dele… ]

8 responses so far ↓

  • 1 btrodrigues // Sep 24, 2006 at 23:34

    … dias antes, sem eu saber de nada, tinha dito ao oldboyscout que, já que estava em santa cruz, podia dar um salto às magníficas caches da ericeira 🙂

    eheh

  • 2 vsergio // Sep 25, 2006 at 17:08

    epá…
    eu desde que ando aqui ainda não ganhei amigos nenhuns
    😉

  • 3 Jose Adonis // Sep 25, 2006 at 17:21

    Isso não se diz que é feio 🙁

  • 4 SUp3rFM // Sep 25, 2006 at 19:18

    É sempre bom ouvir histórias deste tipo e vivê-las é ainda melhor. A troca de experiências são sempre muito interessantes, até porque relatam outras realidades.

    Também nós tivémos a quota parte de amizades, que por enquanto, ainda só existem por mail.

    Há uns tempos atrás, pelos fóruns da Gc.com, conhecemos a família dos The Moops. Palavra puxa palavra, e para além dos mails sobre o que cada um anda a fazer, começamos por trocar algumas geocoins e finalmente, trocámos de caches. A Toledo Spot foi a última troca e a nova cache que irá surgir em Toledo, Ohio, será sobre Lisboa. (está quase, quase pronta).

    Literalmente, do outro lado do mundo, da Nova Zelândia, conhecemos a família do Mark e da Michelle. Para já, está-nos no goto o convite para ir à Nova Zelândia. 😀

    De lá para cá, e vice-versa, já se trocaram geocoins também. Espero trazer fotos. 😉

    Ah! Quase me esquecia de referir o papel muito importante que a IMC´s representam para fomentar este tipo de contactos!

    Por cá, os dedos (de pés, mãos, etc) não servem para contar os quantos já conhecemos e as amizades que se fizeram! 😉

  • 5 MAntunes // Sep 25, 2006 at 21:11

    Como fui o primeiro a adoptar o hábito de enviar sempre mails a agradecer as visitas, tenho muitas histórias de contactos que se prolongaram para além do primeiro mail; desde um casal de reformados que uma vez afirmaram que já me "conheciam" até ao caso que evoluiu mais, ocorrido com o "mojitopt" que me pediu ajuda para desbloquear um TB e culminou, meses mais tarde, com a vinda dele a um GeoMeetup de Lisboa. 🙂

    Sem dúvida o Geocaching é também uma forma de arranjar novos amigos, não apenas em Portugal como no estrangeiro. As IMCs muito ajudaram mas não apenas porque as LocationLess caches também contribuiram e ainda recentemente recebi (e respondi, prestando a ajuda solicitada) um mail de alguém que me "conheceu" nas LCs e brevemente estará a fazer logs nas caches da Terceira.  🙂

  • 6 bargao_henriques // Sep 25, 2006 at 21:26

    Isto é o máximo!
    Adoro o geocaching!

  • 7 Manchanegra // Sep 25, 2006 at 22:10

    Pois é. O Geocaching presta-se muito a isso dependendo da forma como evoluir o contacto.
    Eu já passei por essa experiência no Forum-TT. A base do Forum é uma lista de discussão no yahoogroups onde muitas das pessoas apenas se conhecem da troca de emails. Por vezes há mal entendidos, mas, muitos desses contactos evoluiram para grandes amizades.
    No fundo é o que se passa aqui com alguns de nós ao nivel nacional e poderá acontecer ao nivel internacional.
    No geocaching já tive oportunidade de conhecer muitos de vocês. Outros não, mas, penso que será uma questão de tempo. Ao nivel internacional, fruto da troca de algumas geocoins, projectos comuns com TB’s, etc… encontrei um contacto no Canadá, outro na Suiça, Republica Checa, Austrália, alguns nos States, e, outros mais virão.
    Se isso vai evoluir para uma amizade ou para outro tipo de relação, não sei, mas, até agora tem sido muito interessante.

    Abraço
    AS

  • 8 danieloliveira // Sep 25, 2006 at 22:16

    Desde comecei com esta maluqueira já tive o prazer de conhecer todo o tipo de amigos:
    1. os sinceros
    2. os tarados
    3. os ainda mais tarados
    4. os rabujentos
    5. os comilões de geocoins
    6. os que detestam micros (e VG´s)
    7. os que pisam as caches com a roda do Jeep
    8. os copy cats do "Lunchtime Gang"
    9. os do norte
    10. os do sul
    11. os que adoram trepar paredes de granito (e calcário)
    12. os gadgetomaníacos
    13. os lumberjacks
    14. os que se metem em buracos às escuras e sózinhos
    15. os maisbonitos@hotmail.com
    16. os que adoram terreno que é lumacafi-friendly
    17. os malucos da Voda$#%&
    18. os regulars das almôndegas
    19. os reis das caches mistério
    20. os cacha com estrelas
    21. os PTsss, etc., etc., etc.,
    …Enfim TODOS excelente pessoas! Obrigado a todos pela vossa companhia!

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 34 queries in 0.158 seconds.