Ganda molha! E o cheiro a pão com chouriço…

MAntunes - 2003/11/09

MAntunes – Vá lá Snoopy, escreve lá a história que os senhores estão à espera. Olha os restos do coelho…
Snoopy – Já viram isto?!! Um cão dá-lhes a pata e eles querem logo o pernil todo! Está bem, vamos lá a isto senão não provo o "gato".

Então, os preliminares já conhecem. Não é? Acordar cedo, leitinho, ração e água, sessão de ginástica ridícula, etc… Vamos ao que interessa:
Hoje, foi outra vez um "daqueles dias" e lá fomos encontrarmo-nos com o "PH". Combinaram encontrar-se às 07H00 na rotunda junto ao IGEOE (deixam as mulheres na cama quentinha e encontram-se a esta hora, numa manhã chuvosa… hummm…. não sei se quero ser visto na companhia destes dois outra vez…)

MAntunes – Snoopy!

Snoopy – OqueiOquei! Continuando… Lá fomos, eu no sítio do costume, ele a conduzir como de costume e eu nos trambolhões do costume, pela A8 em direcção a Mafra, Ericeira e Ribamar. Pelo caminho a chuva foi aumentando… Ah! passámos pela imediações da Tapada de Mafra  e, embora não eu tenha visto, pelos comentários deles, aquilo está uma miséria… coisas de "racionais"…
Chegados à zona da cache, o "rally" acabou e o meu dono deixou-me sair. Fixe! Bolas… chovia que se farta…. Eles verificaram se tinham as cuecas e as meias sobressalentes mas não se lembraram de roupa seca para mim… mas é bem feita! O MAntunes esqueceu-se de levar "calçantes" sobressalentes… Eh! eh! No final, não ficou com as patas menos frias nem menos molhadas que eu.
Depois, começaram práli a divagar por onde é que haviam de descer. Tão malucos!? Vão lá para baixo, para a zona da rebentação?! Ai… agora é que eu vou ficar sem dono…. ele até nem é foleiro de todo….

MAntunes – SNOOPY!!!!

Snoopy – Queéeee?! Já passou, não foi?… Bom. Depois de andarem práli a escolher o sítio onde se haviam de suicidar, começaram a falar inglês um para o outro: "Do you feel lucky?"  Não sei qu´e qu´isto quer dizer mas não me pareceu muito inteligente…

MAntunes – (piiiiiiii)

Snoopy – Não lhe liguem… A certa altura, o MAntunes teve um assomo (pequenino) de inteligência e achou que aquela descida era demasiado arriscada para mim. Então decide que é melhor ir um primeiro enquanto o outro fica a "segurar-me" e diz ao "PH" para ele iria primeiro – "Queres ser o primeiro, não queres? Queres apanhar o TB, não é?" Bom. Se vissem a cara do "PH"… ainda balbuciou – "Bem… não estava com grande vontade de ir ali para baixo sózinho…." mas o MAntunes, com aquela "cara de pau" dele não lhe respondeu e o "PH" deve ter encomendado a alma a não sei quem e lá foi por ali abaixo… Só visto! São malucos… a chover, a ravina escorregadia, verdete em alguns locais… eu todo preocupado a andar dum lado para o outro a ver quando é que ele malhava lá em baixo e o meu dono a recolher-se cómodamente numa reentrancia da ravina para tirar fotos!… Bom, o rapagão lá chegou são e salvo ao fundo e lá foi a olhar para aquele aparelinho com setinha e desapareceu de vista junto às rochas onde as ondas rebentavam… Aquele aparelhinho não lhes deve trazer muito juizo… qualquer dia… vão atrás da seta, vão atrás da seta e pimba! Ficam espetados num buraco qualquer… O tempo passava, a chuva chovia, eu tentava encobrir-me por detrás do meu dono naquela reentrancia, ele ficava todo aflito porque eu, ao meter-me detrás dele, empurrava-o para a borda…. Ah! Se ele não fosse um dono mais ou menos… agora é que era! Mas enfim, ele já tava a ter o castigo que merecia: A reentrancia era tão pequena e chovia tanto que os joelhos dele pareciam bacalhau a demolhar! Eheh… Do "PH" Nem sinal. Só se ouviam as ondas a rebentar lá em baixo. Mas como não se ouviam "tionónis"…

A certa altura, o meu dono teve um assomo de qualquer coisa e decidiu ir juntar-se ao "PH". Então, levou-me até ao carro onde fiquei a dormir uma bela soneca (molhada e fria) e ele foi-se sem eu saber muito bem se iria regressar… Bom. Agora a seguir contas tu. Eu não sei o que se passou até começar a sentir o cheiro a pão com chouriço. Só o cheiro!!!!…

MAntunes – Ok. Então, deixei o Snoopy no carro porque aquele piso, molhado, do caminho para a cache é muito perigoso para um cão ainda mais molhado e peguei num guarda chuva que teve muito pouco tempo de vida…. veio uma rabanada de vento e espatifou-o todo… também… assim comássim, já estava tudo molhado… Segui então em direcção ao local escolhido para a descida e comecei a descer. Confesso que pensei em algumas coisas. A primeira delas é a de não mostrar esta história à minha mulher… É que eu sou curto de pernas e, no local escolhido para descer-mos, parecia que a cada "degrau" faltava-me "um bocadinho assim"… Chegado lá ao fundo, o "PH" já estava de regresso a dizer que era preciso ajuda. Não tinha encontrado a cache e havia passado o tempo num determinado local. Eu, tirando partido da informação, afastei-me da ravina e caminhei em direcção à rebentação para poder obter uma melhor recepção. Entretanto, fui informando o "PH" que talvez não fosse naquele local que devia procurar mas uns uns 21 metros mais para a ******* (Nunca se deve confiar no GPSr quando se está "debaixo" de uma ravina de 20 ou 30 metros). Dirigimo-nos para o outro local candidato e …o resto não se pode dizer. O que interessa é que não a encontrámos. Passados cerca de 30 minutos em que andamos por ali a procurar e a escorregar (Eu ganhei a "taça". O "PH" tem a foto do momento em que a ganhei 😉 ), começámos a pensar em sair dali antes que lá ficassemos presos até à próxima vazante. Ainda fomos procurar melhor no local onde o "PH" tinha andado a procurar e chegámos a ter alguma exaltação quando a certa altura me enfiei por um buraco onde o "PH" não cabia e encontrei um saco de plástico preso por debaixo de umas pedras. Mas foi falso alarme. Era apenas lixo para o "trash out"… Acho que ainda o tenho no bolso. Cheguei a casa tão molhado que nem dei conta de ter um saco molhado e mal cheiroso no bolso… (Hummm… não devo estar a fazer muito boa publicidade do Geocaching, pois não?… Mas estou a contar a verdade 😉 ) "Arrumado" o assunto: Não encontrámos esta. Começámos a regressar de vez e o primeiro obstáculo era subir a ravina molhada e escorregadia para voltar à cota superior. Devo confessar que foi mais fácil subir. Agora já percebo o pessoal da escalada. Sobem à unha e descem de corda ;-). Chegámos ao carro e encontrei outro obstáculo. Tinha um a "piscina" à volta do carro. Como já não havia mais nada para molhar… Já a caminho ainda nos entusiasmámos com a possibilidade de comer uns pastéis de nata ali da zona mas era tão cedo que a padeira ainda não havia acordado. Bom. Começámos a pensar em como "salvar o dia". Eu, para animar o "PH", comecei a contar as vicissitudes das minhas primeiras três caches. E, ao fim de algumas parlamentações, lá decidimos que íamos tentar a "Aldeia" (só para o "PH". Eu não a posso "encontrar") e, talvez, a das "Comunicações". Dependia do tempo. Como elas ficavam entre o ponto onde estávamos e Lisboa… Não custava nada passar por elas… Chegados junto à "Aldeia"… Snoopy! É a tua vez…

Snoopy – Hã?… que? A acordar-me outra vez?!… O que é agora? "Pão com chouriço?" Qual quê?! Só o cheirei!… Conta tu! Vocês ali à procura duma virtual "qualquer coisa" e eu ali com um cheirinho tão real e … quem ficou realmente babado fui eu! Porque comê-lo, só virtualmente…

MAntunes – Prontos… tá bem… quando fôr-mos para aquela zona, compro-te um pão com chouriço todinho só para ti. Agora conta lá mais um bocadinho.

Snoopy – Promessas… promessas… já não vou nessas!

MAntunes – Bom… ele tá mesmo "passado" por me ter esquecido de lhe dar um daqueles deliciosos pães com chouriço da "Aldeia"…
Bem. Combinámos que só dedicávamos 15 minutos para o "PH" encontrar esta cache. Se não a encontrasse, voltava mais tarde, quando o filho tivesse idade para apreciar os baloiços e as "casinhas" Ele encontrou-a em 11!  :-). Despachado o assunto, seguimos em direcção à "Comunicações" e, durante o caminho, tive a oportunidade de mostrar ao "PH" a importância de um GPSr com cartografia detalhada. "Naveguei" por estradas por onde nunca tinha passado, tendo tomado sempre as decisões mais correctas, simplesmente usando como referência  o ponto onde estava, o ponto para onde queria ir e a cartografia do meu GPSr, juntamente com as funções de "zoom". Penso que ele fez bem em comprar, também, um GPSr com cartografia. Agora só tem é que arranjar o mapa detalhado de Portugal para o "e-Trex" dele. Chegados lá perto, tive uma surpresa: O local é junto a uma quinta de um criador de cães onde um vez deixei o Snoopy para ir um fim de semana para fora em que não o podia levar :-). Ainda lá entrámos para mostrar os canis ao "PH". Mais tarde, regressados ao local supostamente sugerido pelo autor (não tinhamos a descrição conosco), verificámos que sem "TT" que nos levasse até a "porta da cache" e a chover daquela maneira… hoje não era o dia, também, para aquela cache…

E prontos. O Snoopy já está práli outra vez a dormir e eu vou ver o filme da sessão da tarde para junto do Filipe, senão ainda me… (como é que se diz "desaporfilha" ao contrário?).

Snoopy & MAntunes

(http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid={5D9DF0CB-8D9E-4F08-BDF5-AA5AF9BDD94C})

3 responses so far ↓

  • 1 bargao_henriques // Nov 9, 2003 at 23:16

    Boa descrição, concordo inteiramente, apesar de que eu também já tinha procurado no local "mais uns uns 21 metros mais para a *******" antes de te teres fartado de esperar que as onda trouxessem os meus ossos de volta e te juntaste a mim… Mas não serviu de muito 😉
    Se querem ver o MAntunes "de molho" vejam as fotos da minha galeria…

  • 2 Lobo Astuto // Nov 10, 2003 at 10:17

    de não poder ter ido convosco 🙁
    Fica para a próxima! 🙂
    E que tal…. lançarmos um livro com estas histórias?

  • 3 DSAzevedo // Nov 10, 2003 at 11:22

    óh manel diz-me cá uma coisa…
    Que é que tu queres dizer com essa de seres curto de penas e faltar-te um bocadinho "assim"?

    Ao principio fiquei com a noção, obviamente errada, de que isto era uma activiade saudavel.

    Os Telemóveis tem radiações que fazem mal ao Cerebro. O que vale é que os GPS não…

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.128 seconds.