Rifkindsss GTT 5

rifkind - 2013/08/19

Decidimos usar o dia de hoje para conhecer a costa que está nos arredores do nosso alojamento. Achámos que seria boa ideia descansar um pouco, depois do percurso de ontem e andar por trilhos mais suaves.

Pois. Boas intenções, mas não correu bem como esperávamos. Feitas as contas, nos trilhos de hoje subimos e descemos quase tanto como ontem, mas apenas entre os 10 e os 190m.

5_07FE480C-A762-49E2-AA55-C3B2B0EEBF02

 

A diferença foi a oscilação e essa não faltou. Para ajudar, ainda houve uma travessia de praia daquelas onde os grãos de areia têm uma média de 20cm (sim, centímetros) de diâmetro.

Descobrimos belos recantos, claro. Mas neste percurso de altos e baixos, o ponto mais alto foi sem dúvida um dos mais baixos: a antiga Central de Bombagem de Água Doce aqui da zona.

O cenário é delirante.

Tão bom que quase nem o conseguíamos ver de perto devido às filmagens de um videoclip de um concerto de Xilofone (a sério, um xilofone dos grandes…).

O resultado ao final da caminhada foi um tremendo cansaço, quase pior que o de ontem e bem mais do que esperávamos para um dia de recuperar o fôlego.

A meio da tarde, regressados ao Hotel, pegámos no carro para dar um salto a Puerto de La Cruz. Descobrimos que a arte de conduzir em cidade é algo que depressa se deteriora e em pouco tempo mudámos o destino para um local bastante mais afastado do centro.

Ainda na cidade, mas com sítio para estacionar, um belo miradouro para a enseada e um café restaurante com esplanada e, felizmente, gelados!

Recuperados do “trauma” citadino, a Rifkinda orientou-nos para um percurso mais plano ali mesmo ao lado. Um passeio praticamente horizontal, que deu para esticar as pernas sem esticar as forças e ainda nos deu o bónus de ver um parapente a levantar praticamente sem pista. O truque devem ser os cactos logo à saída do arranque. Ele levanta vôo só para os evitar!

Com uma breve passagem pelas lojas de lembranças e duas garrafas extras de água, foi tempo de voltar para jantar. Hoje ainda havia uma demonstração de danças Canárias no Hotel e estávamos curiosos.

0 responses so far ↓

  • There are no comments yet...

Leave a Comment


Geocaching@PT 2008 · Powered by WordPress
Disclaimer · Contact Form
Stats: 35 queries in 0.279 seconds.